Traduzir

Pesquisar

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Testes antidoping serão realizados fora de competição no futebol brasileiro

Riselda Morais


     A Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) promoverá, a partir do segundo semestre deste ano, testes fora de competição no futebol brasileiro. Atualmente, os jogadores são testados regularmente durante os principais campeonatos realizados no Brasil.
Para o secretário nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, Rogério Sampaio, esta ação trará total eficiência ao futebol brasileiro no que diz respeito ao combate do doping.
“A importância desses testes fora de competição é enorme”, comemora Rogério Sampaio. “O futebol brasileiro segue as regras da WADA (Agência Mundial Antidoping) em períodos de competição e com os exames fora de competição o esporte mais popular do Brasil ficará 100% adequado às exigências da WADA”, continua o secretário.
“É importante lembrar que todos os controles de doping realizados pela ABCD, tanto no futebol quanto em qualquer outra modalidade, serão disponibilizados no ADAMS (Anti-Doping Administration and Management System, um sistema baseado na internet que permite fazer o gerenciamento e a administração do controle de dopagem em todo o mundo), seguindo, assim, as normas da Wada”, encerra o secretário.
Foi publicada nesta sexta-feira (12.05), no Diário Oficial da União, a Resolução Nº 53, de 11 de maio de 2017, que regulamenta a certificação de empresas para realização de controle de dopagem em âmbito nacional, bem como o procedimento para certificação.

Pela resolução, fica determinado que somente as empresas com certificação outorgada pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) estarão autorizadas a realizar as atividades de coleta de amostras em âmbito nacional.  Com informações do ABCD