Traduzir

Pesquisar

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Amigos e leitores, tenham um Feliz e Próspero Ano Novo

Ano Novo - Poetisa: Riselda Morais
(Grinalda de Trovas)


Bem-vindo seja o ano novo,
o velho ficou para trás;
vem alegrar todo o povo,
em um instante fugaz.

Em um instante fugaz,
os fogos anunciaram;
as mãos se entrelaçaram,
em um tilintar de taças.

Em um tilintar de taças,
desejando paz e amor;
brindando o ano novo,
sem distinguir raça e cor.

Sem distinguir raça e cor,
pois todos somos iguais;
sem preconceito ou rancor,
amizade é bom demais.

Amizade é bom demais,
e devemos preservar;
deixar amigos jamais,
vamos a todos abraçar.

Vamos a todos abraçar,
com prazer e alegria;
aguardando o novo dia,
um novo recomeçar.

Um novo recomeçar,
uma nova caminhada;
na qual vamos superar,
o obstáculo da estrada.

O obstáculo da estrada,
mas com fé e esperança;
e concluir a jornada,
com alegria e segurança.

Com alegria e segurança,
saudáveis e produtivos;
em paz e harmoniosos,
serenos e construtivos.

Serenos e construtivos,
sábios e benevolentes;
mais amáveis e positivos,
mais felizes, mais contentes.

Mais felizes, mais contentes,
temos um mundo mais bonito
tão melhor que é surpreendente
guardado pelo poder infinito.

Guardado pelo poder infinito
e guiado pela mão do criador
teremos um mundo bendito
Pois Deus é Paz e é amor!

Gostou?. Leia mais poesias no blogger: http://riseldamorais.blogspot.com.br/
Sites:
 http://www.jornaldomomento.com.br/poesias.html
http://www.jornalpolopaulistano.com.br/poesias.html

Ano Novo, um recomeçar diferente!

  Riselda Morais



       Mais um ano chegou ao fim e mais um ano começa, damos adeus ao ano velho, as boas-vindas ao ano novo e agradecemos, porque tivemos um ano com muitas boas notícias e repleto de boas pautas para dividirmos com nossos leitores, amigos e clientes, logo só temos a agradecer as parcerias deste ano e desejar que elas sejam ainda mais fortes no ano vindouro. 
O que fez de nosso ano um sucesso não foi a falta de obstáculos, mas a capacidade que tivemos de superar cada um deles, vezes com profissionalismo e determinação, vezes com sabedoria e serenidade; não foi o tamanho da caminhada mas a forma que percorremos o caminho e as belezas que fomos capazes de enxergar; não foi a falta de problemas, mas a nossa resiliência ao buscar as soluções para cada um deles. 
Neste ano plantamos muitas boas sementes cuja colheita se dará no novo ano, pois como disse Jesus, “A semeadura é opcional, mas a colheita é obrigatória “, por isto é importante que saibamos sempre o que estamos semeando em todos os momentos de nossas vidas para merecermos os frutos que serão colhidos, para que nos sejam doces e suaves ao paladar, jamais amargos, sejam leves e jamais pesados.
O novo ano é um recomeço, uma nova oportunidade, por isto é importante que conheçamos nossas habilidades, melhoremos nossa realidade dia após dia, escutemos nossos corações, sigamos nossas intuições, vivamos nossas paixões mantendo o foco e o amor ao definir as metas, desenvolver os projetos e realizar o trabalho. 
Se queremos um ano diferente, precisamos fazer algo diferente daquilo que nos foi rotineiro, precisamos buscar soluções ao invés de procurar culpados, precisamos caminhar mais juntos e na liberdade do “ir” e “vir” semearmos mais amor, bondade, compreensão, determinação, cuidados, alegria, paz e carinho para com todos. Que saibamos fazer a cada novo dia, algo novo e melhor do que no dia anterior, que saibamos perceber o que realmente é indispensável em nossas vidas, o que precisamos mudar, o que precisamos fortalecer, o que precisamos cultivar e o que devemos tirar de nossas vidas para que nossa caminhada nos seja mais agradável e nossa bagagem torne-se mais leve.
Neste novo ano deixemos a vida fluir com mais leveza, mais sorrisos, mais alegrias, equilíbrio e maior grau de entendimento para que nossa jornada nos leve a progressos e ao sucesso almejado e que nossa realidade se renove na esperança e nos conduza as vitórias. 
Façamos de nosso presente, momentos construtivos, saudáveis, harmoniosos, produtivos, felizes, assim podemos viver intensamente sem apenas pensar na construção do futuro, mas com um lindo despertar no presente.
Que possamos sonhar mais, acreditar mais, realizar mais, “SER “mais, sorrir mais, abraçar mais, beijar mais, dizer mais vezes “eu te amo” e compartilhar tudo que nos é agradável e útil para um bom viver, contagiando a todos que estão a nova volta com energia positiva, atitudes positivas, ações positivas, disseminando bons sentimentos como uma brisa suave que toca e refresca a todos sem sequer ser vista.
Sejamos firmes em nossos pensamentos, aceitemos os desafios, percebamos as oportunidades, tenhamos mais boas notícias, mais pautas, mais parceiros, mais amigos, mais clientes, mais paixões e mais amores.
Que nossos corações estejam abertos e nossos espíritos, nossas almas, nos permitam aprender a viver em paz, com tranqüilidade, serenidade, sabedoria, paciência, compreensão, entendimento e amor. Que nossos passos sejam leves, firmes, decididos e que saibamos exatamente para onde estamos indo e onde queremos chegar e ao chegar possamos agradecer por termos sido capazes, por termos tido uma força maior que nos sustentou para não vacilarmos durante a jornada, reconhecermos a grandeza do universo e dizermos “obrigada“, consegui “Graças a Deus “.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Brasil estreará na Copa do Mundo contra a Croácia, dia 12 de junho, na Arena Corinthians.

Copa do mundo FIFA 2014
SORTEIO DOS GRUPOS - Costa do Sauipe, Brasil


        A Seleção Brasileira já conhece seus adversários na primeira fase da Copa do Mundo 2014. Cabeça de chave do Grupo A, o Brasil estreará dia12 de junho, na Arena Corinthians em São Paulo, contra a Croácia, enfrenta o México no dia 17 no estádio do Castelão e Camarões no dia 23, no estádio Mané Garrincha.
O Grupo D “grupo da morte“ ficou com três campeões mundiais, sendo o cabeça de chave Uruguai seguido da Itália, Inglaterra e Costa Rica.
Nas oitavas de final, duas equipes de peso do Grupo B, Espanha e Holanda podem ser adversários do Brasil, assim como Chile e Austrália.
Veja como estão formados os Grupos da Copa do Mundo 2014.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Natal: Ideal é presentear e agradar sem se endividar!

Riselda Morais


A temporada de compras já está aberta, a corrida aos principais centros de compras e aos shoppings é cada dia maior, as lojas disputam a atenção do consumidor de todas as formas, desde a decoração, descontos nos produtos, facilidades no pagamento, promoções e até sorteando carro zero ou viagens como é o caso dos shoppings. Com uma infinidade de ofertas e todas as facilidades oferecidas para a realização da compra, precisamos estar bem conscientes do que queremos comprar, do que precisamos comprar e do quanto podemos gastar para não esquecer que o cartão de crédito nada mais é, do que uma forma de adiar o pagamento e acabar endividado, lembre-se que começar o ano rolando em bolas de neve no cartão não é uma boa idéia. 
Quem pensa que comprar é só alegria, logo descobre que nem tanto, a começar pelo tipo de presente que pode agradar a cada pessoa, até encontrar a lembrancinha certa muito se anda, muito se vê em lojas apinhadas de pessoas cheias de pacotes e comprando mais, por isto, para muitos, antecipar as compras de natal oferece maior tranquilidade para escolher os produtos, mas vale observar que as lojas inflam os preços dos produtos nesta época e apesar de parcelarem, muitas vezes, é mais interessante comprar à vista ou no cartão de crédito em parcela única. Para quem quer usar o 13º salário para comprar eletrodomésticos vale mais a pena esperar até janeiro, quando todos os preços caem pela metade.
Alguns cuidados devem ser tomados para evitar que as compras de natal transformem-se em pesadelo. Tenha em mãos a lista de pessoas que serão presenteadas e a previsão de valor que pode gastar sem se endividar. Comece comparando o preço do produto que foi anunciado com o que está na gôndola ou prateleira, com o preço da etiqueta e o que passa no caixa, muitas vezes são diferentes e passam no caixa com o valor a maior, em caso de divergência o consumidor deve pagar o menor valor. Antes de sair da loja, confira cada valor cobrado na nota fiscal e não apenas o total da compra.
Na compra com cartão de crédito em parcela única, o preço deve ser igual ao cobrado à vista sem que seja estipulado valor mínimo. Antes de fechar a compra informe-se sobre o produto que está adquirindo, o preço à vista e a prazo, as formas de pagamento e o valor dos juros caso atrase alguma parcela. Ao fazer compras parceladas, observe o canhoto do cartão de crédito e verifique se o parcelamento é via estabelecimento (não há cobrança de juros) ou operadora (há cobrança de juros). Se o pagamento for com cheques pré-datados escreva no documento a data de depósito, se colocar apenas “bom para” isto permite o depósito antecipado. Ao comprar brinquedos verifique se tem selo do Inmetro, ele indica que o produto foi submetido a ensaios e atende a requisitos mínimos de segurança e se na embalagem contém todas as informações sobre o produto, fabricante e a indicação de faixa etária para a qual o produto é destinado. 
Lembre-se que a loja só é obrigada a trocar produtos com defeitos e a troca deve ser feita no mesmo estabelecimento onde o produto foi comprado, mesmo que trate-se de rede, do mais, depende da política do estabelecimento para melhor atender. 
As compras virtuais oferecem maior comodidade, praticidade que vai desde a pesquisa de preço do produto até a entrega em casa e, proporcional a facilidade deve ser a atenção e o cuidado ao realizar a compra. Verifique o símbolo de site seguro, que é um cadeado no canto inferior da tela ou na barra de endereço, isto significa que as informações trocadas estão seguras. Verifique a idoneidade da loja, o CNPJ, se constam reclamações. Imprima e arquive a página do site, a oferta, prazo de entrega e efetivação da compra. 
Um direito que poucos conhecem, tanto na compra online quando na loja física, o consumidor tem direito ao prazo de arrependimento que é de sete dias, mesmo que tenha recebido o produto ou assinado contrato pode desistir. 
Para fazer realmente um bom Natal e começar o ano feliz, não gaste mais do que tem e sempre guarde mais do gasta. Boas compras!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Bombeiros e SOCESP promovem “Dia da Ressuscitação Cardiopulmonar” no Parque Ibirapuera

Riselda Morais
1.019 pessoas receberam o treinamento no Parque do Ibirapuera.

Cel.Reginaldo Campos Repulho e o diretor do Centro de Treinamento em Emergências da SOCESP, Agnaldo Píspico. 
Defesa Civil prestigia o evento - Sargento PM Marcio Lourenço distribui material e oferece ao público, orientações de como evitar desastres. 
         Com o objetivo de disseminar as instruções de ressuscitação, o Corpo de Bombeiros com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde, através das equipes da SOCESP (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e do GRAU (Grupo de Resgate e Atendimento de Urgência) promoveu, no sábado (19/10) o “Dia da Ressuscitação Cardiopulmonar” no Parque Ibirapuera.
Ao som da música Staying Alive, do grupo americano da década de 70 Bee Gees, que marca o ritmo das compressões e utilizando bonecos para o treinamento, bombeiros e profissionais da saúde ensinaram aos visitantes a reconhecer, chamar ajuda e fazer manobras de socorro, em vítimas de paradas cardiorrespiratórias, até a chegada dos médicos.
Segundo informações da SOCESP, as doenças cardiovasculares levam, anualmente, cerca de 320 mil pessoas a óbito no país, ocorre cerca de 720 paradas cardíacas por dia e a cada um minuto e meio uma pessoa morre por esse motivo. 
“A ajuda de quem presencia a parada cardiorrespiratória é fundamental para o sucesso da equipe de resgate, a cada minuto que passa caem em 10% as chances de sobrevivência e dez minutos significa a morte”, afirma o diretor do Centro de Treinamento em Emergências da SOCESP, Agnaldo Píspico.  
O Corpo de Bombeiros atende 350 mil pessoas por ano, sendo 8 mil delas por problemas cardiorrespiratórios. O treinamento foi realizado de hora em hora com grupos de mais de 100 pessoas. 
“Esse curso que a gente faz, é um curso realmente para leigos, para as pessoas que não tem noção nenhuma do que tem que fazer, a gente dá as primeiras orientações, ela vai identificar uma parada, chamar o socorro e começar a fazer a massagem na vítima até a chegada de uma guarnição nossa”, diz o coronel Reginaldo Campos Repulho. 
O curso ensina que, o primeiro passo ao se deparar com uma pessoa desacordada, é verificar se ela responde a algum estímulo, para isto, basta mexer nos ombros e perguntar o nome, outra forma é observar o movimento torácico para perceber se ela está sem respiração. 
Em seguida, se tiver alguém perto, pedir para ligar para os Bombeiros 193 e ambulância 192, se não tiver, faça a ligação você mesmo. O próximo passo é iniciar a massagem: Com o braço esticado no meio do tórax, entre as mamas, com uma mão sobre a outra, comprimir o tórax pelo menos 5 cm, de maneira continua, em uma frequência de pelo menos 100 compressões por minuto, fazer esta massagem até que chegue o socorro.
O evento foi prestigiado pela Defesa Civil que também trabalha na preservação da vida e oferece ao público, orientações de como evitar desastres. 
O Sargento PM Marcio Lourenço Gonçalves ressaltou a importância de despertar a atenção de todos para a possibilidade do salvamento de vítimas de uma parada cardíaca. “O reconhecimento, com o pedido de ajuda e a realização das compressões torácicas de forma correta pode aumentar em até 4 vezes as chances de sobrevida”, diz Marcio.
A Defesa Civil do Estado participou do evento distribuindo materiais informativos, como por exemplo: Defesa Civil para crianças (caderno para colorir), que por meio de joguinhos, palavras cruzadas, textos com imagens do personagem “Borbinha”, ensina o público infantil a se prevenir dos eventos causados pela chuva (Deslizamentos de terra, raios, enchente), dicas de saúde no verão e sobre o trabalho da defesa civil, além de folders para o público em geral: “Como se proteger das tempestades (raios), afogamentos, deslizamentos.”
Segundo o Corpo de Bombeiros da PMESP, o evento de RCP, teve um saldo positivo com 1.019 pessoas que receberam o treinamento, no Parque do Ibirapuera.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Inaugurada a Fábrica de Cultura de Cidade Tiradentes

Riselda Morais
“Estamos inaugurando a 9ª Fábrica de Cultura aqui em Cidade Tiradentes, com toda acessibilidade para crianças, jovens, pessoas com deficiência e adultos”, diz Alckmin.

Diretor do Catavento e Fábricas de Cultura, Reinaldo Couto

“Temos mais de 1500 inscritos, estamos inaugurando já funcionando” afirma Sérgio Freitas Presidente do Catavento e de Fábricas
          O governador Geraldo Alckmin inaugurou  no domingo (06/10) a Fábrica de Cultura do bairro de Cidade Tiradentes, sito a Rua Henriqueta Noguez Brieba, 281, na Zona Leste da capital paulista. 
            Esta é a nona Fábrica inaugurada, das 10 Fábricas que fazem parte do projeto do Alckmin, sendo as 5 Fábricas da Zona Leste (Belém, Sapopemba, Vila Curuçá, Itaim Paulista e Cidade Tiradentes) administradas pelo Catavento Cultural e as outras 05 das regiões norte e sul (Jardim São Luis, Vila Nova Cachoeirinha, Jaçanã, Capão Redondo e Brasilândia - próxima a ser inaugurada) administradas pelo POIESIS – Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura.
            “Hoje estamos inaugurando a 9ª Fábrica de Cultura aqui em Cidade Tiradentes, com toda acessibilidade para crianças, jovens, pessoas com deficiência, adultos e para a terceira idade. Nós temos aqui uma Fábrica de Cultura que é para entretenimento, que é para diversão, para arte e também uma escola na área de arte”, afirmou Alckmin.
            Com investimento de 11,6 milhões, a unidade possui 5,3 mil m² de área construída, salas totalmente equipadas para a realização de ateliês de iniciação artística nas linguagens dança, música, teatro, artes visuais, circo e multimeios (foto e vídeo). 
            Destinados a crianças e jovens de 9 a 18 anos, as aulas acontecem de manhã (9h às 12h) e à tarde (14h às 17h), já para a terceira idade os cursos são noturnos.
            “Já tem mais de 1.500 inscritos nos cursos de teatro, literatura, música, violão, violino, percursão, todas as artes cênicas... é um trabalho muito bonito para a criança, para os jovens, isso vai diminuir a vulnerabilidade juvenil, melhorar a escola, a educação“, diz Alckmin.
            Sergio Freitas, Presidente do Catavento e Fábricas de Cultura observa que o programa vem se desenvolvendo muito bem e com sucesso. 
            “Nós criamos um programa especial que muito me alegra, porque nós trazemos às regiões mais precisadas de São Paulo, ensino gratuito de teatro, dança, música, levamos cinema, xadrez, decoração, cerâmica ... nós fazemos antes aquilo que pode ser feito, então já inaugura funcionando”, afirma Sergio Freitas.
            O diretor do Catavento e Fábricas de Cultura, Reinaldo Couto informou que a biblioteca da Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes disponibiliza 4 mil títulos, serão 17 salas de aula funcionando e o teatro de 300 lugares estará aberto aos sábados e domingos com os shows “Fábrica Aberta” para o público em geral, ainda segundo ele, nas outras unidades há uma frequência de 650 crianças e jovens por dia e esperam chegar a 2 mil inscritos em Cidade Tiradentes.
“Tudo aqui é grátis, não aceite assessoria de ninguém, o governo faz questão de oferecer grátis os instrumentos que são utilizados, nós emprestamos, não precisa comprar violão, tabaque, nenhum instrumento”, afirma Reinaldo.
            Já o Secretário de Estado da Cultura Marcelo Mattos Araújo enfatizou que a Fábrica é um espaço de encontro para crianças, jovens, adultos e pessoas da terceira idade. 
“Nessa Fábrica os moradores do bairro vão encontrar um espaço totalmente aberto para vivenciar a cultura, para quem quiser aprender uma linguagem artística tem os cursos de música, artes visuais, dança, circo,  teatro, para quem quiser se divertir no fim de semana tem shows, cinema e saraus abertos ao público e para quem quer seguir carreira artística a Fábrica acolhe vontades e abre espaços para apresentações no teatro”, afirmou o Secretário.
            O Deputado Estadual Orlando Morando observou que a Cidade Tiradentes é uma das maiores concentrações por metro quadrado habitacional e falou da importância da cultura para todas as classes sociais. 
            “Isso aqui tem concentrado tudo que se pode oferecer em cultura, é um grande feito, Cidade Tiradentes ganha muito com isso, é um investimento que está se fazendo no jovem de nosso Estado”, declarou Orlando Morando.
            O vereador Andrea Matarazzo falou da cultura como transformadora para a juventude e  citou a frase que segundo ele é bastante citada pelo governador. 
“ A educação forma as pessoas mas a cultura transforma a sociedade”.
Para realizar a matricula é necessário que um dos pais ou responsável vá a recepção da Fábrica das 09 h às 17 h com  documento de identidade do menor e comprovante de residência.
            Participaram do evento o Governador Geraldo Alckmin, Secretário de Cultura Marcelo Araújo, Sec. de Energia Dep. Federal José Aníbal, Deputados Estaduais Leci Brandão, Roberto Trípolli, Estevão Galvão, Orlando Morando, Sergio Tiez, Milton Flávio, Renata Bitencourt, Sérgio Freitas Presidente do Catavento e de Fábricas, Reinaldo Couto Diretor de Fábricas e Celso Costa gerente da Fábrica de Cidade Tiradentes; os vereadores Andrea Matarazzo, Mario Covas Neto, Zuzinha, Floriano Pesaro, Senival Moura, Subprefeita Andreia de Souza Luz, Fernando Leite Morais e lideranças da região.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Caos na Vila Matilde devido ao uso irregular de vias públicas

Alunos da FAATESP transformam a Rua Gil de Oliveira em estacionamento impedindo os veículos estacionados nas vagas de 45º da praça do metrô e nas garagens de saírem

Riselda Morais



Os usuários do Metrô Vila Matilde que deixam seus veículos estacionados, nas vagas de 45º na  praça do Metrô, enquanto vão trabalhar estão sendo pegos de surpresa na volta para casa ao se deparar com um verdadeiro caos na Rua Gil de Oliveira. 
Os alunos da Faculdade FAATESP, no número 91, invadem a via pública com seus veículos, especialmente no horário das aulas noturnas, impedindo que os veículos estacionados regularmente saiam e que os moradores entrem ou saiam de suas garagens.
“Deixo meu carro estacionado aqui para pegar o metrô e ir trabalhar, todas as noites é este transtorno, ontem tive que esperar as aulas acabarem para poderem liberar meu carro, hoje está ainda pior”, declarou Marcos indignado.
O uso indevido do espaço público  é uma rotina na Rua Gil de Oliveira, os estudantes não respeitam nem mesmo os moradores, estacionam em frente as garagens e no meio da rua, são carros e motos estacionados em locais irregulares e proibidos, uns deixam o número do celular no painel e outros simplesmente largam o carro lá, tirando o direito de ir e vir dos outros. “Já aconteceu de baterem em meu carro ao sair e ainda me agredirem”, diz um usuário das vagas de 45º que estava com seu veículo prezo pelo caos.
Segundo o morador José Adalir Ervas a situação fica ainda mais complicada para seu sobrinho que é médico e muitas vezes não consegue tirar seu veículo da garagem para atender emergências. “Muita aglomeração, muito movimento que prejudica nossos destinos, ocasionam muitos problemas e se não solucionar agora teremos outros problemas posteriores, nós estamos cansados, não gosto... não gosto”, desabafa o Sr. José e conclui: “Queremos saber onde reclamar, queremos que tomem providencias para evitar esta série de problemas, é melhor evitar antes de lamentar”.
Outros moradores não suportaram a desordem na rua e colocaram sua casa a venda e algumas foram vendidas para a própria faculdade que está ampliando seu espaço.
Os moradores e usuários das vagas de 45º declaram já ter ligado para a Polícia Militar através do número 190 e foram orientados a ligar para a CET no número 1188, mesmo ligando  várias vezes, a Companhia de Engenharia de Tráfego ainda não enviou seus agentes ao local. A Assessoria de imprensa da CET foi contactada para esclarecer mas até o fechamento desta edição não se pronunciou.
Em nota, a FAATESP declarou ter conhecimento do uso indevido da alça de retorno da Rua Gil de Oliveira como estacionamento de carros e motos no horário das aulas noturnas e que repudia veementemente esta prática e diz que de maneira nenhuma incentiva que os alunos parem os carros, de forma irregular, atrás de outros veículos que estejam estacionados nas vagas de 45º ou mesmo na frente de garagens de casas vizinhas, lembra que cabe aos órgãos públicos a fiscalização e que compete a eles tomar as medidas cabíveis e necessárias.

Conselho Participativo Municipal visa participação popular e transparência nas subprefeituras

Eleição contará com 10 mil urnas eletrônicas em convênio com a justiça eleitoral

Riselda Morais

“Nosso objetivo é criar instrumento do povo, de controle, do âmbito local, geograficamente, 32 Conselhos nas 32 subprefeituras”, diz o Secretário João Antonio da Silva


A Prefeitura de São Paulo, por meio do Secretário Municipal de Relações Governamentais João Antonio da Silva, realizou nesta segunda-feira (30/09) uma coletiva de imprensa, durante a qual convidou a população  a fazer parte do governo Fernando Haddad através do Conselho Participativo Municipal. 
Visando forçar a transparência do poder público serão criados 32 Conselhos, um em cada uma das 32 subprefeituras, através de uma eleição com voto popular facultativo que elegerá 1.125 conselheiros, que opinarão sobre questões de orçamentos, farão sugestões sobre ações e políticas públicas e fiscalizarão as ações e os gastos públicos.
O eleitor poderá votar em até 5 candidatos da sua subprefeitura, a eleição será realizada em convênio com a justiça eleitoral e contará com 10 mil urnas, o custo estimado é de 7 milhões de reais.
Segundo o Secretário João Antonio, o Conselho tem a idéia do controle externo da administração pública, na sua verdadeira dimensão, tanto na dimensão fiscalizatória, quanto na dimensão do investimento público, devendo questionar quando tiver investimento desnecessário e sugerir a aplicação no que é necessário. “O Conselheiro poderá discutir o orçamento para a região, a aplicação das verbas, quais os serviços e obras necessárias para a região, além de fiscalizar, se ver coisas erradas, se ver que tem agente público agindo contra a lei, de maneira ilícita, conduta ilegal, imoral, cabe ao Conselho denunciar”, enfatiza João Antonio.
As inscrições podem ser realizadas até o dia 07/10  e pode candidatar-se pessoas com mais de 18 anos que entregue uma lista com, no mínimo, 100 assinaturas em apoio a sua candidatura, deve constar nome, número de documento, telefone e assinatura do apoiador, não pode ser parlamentar e nem ocupar cargo no Poder Público. 
O Conselho que representará a sociedade civil será instituído em 08 de dezembro através de votação em locais definidos pela justiça eleitoral e os Conselheiros tomarão posse em Janeiro. 



quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Ser gentil no trânsito é salvar vidas: A sua e a dos outros!.

        Riselda Morais

          Os velhos bordões que pregam, “o mundo é dos mais espertos “, e “deu passagem porque é otário” nada mais é, do que um triste e lamentável engano daqueles que se acham mais espertos e só pensam em se dar bem.
O péssimo hábito de querer levar vantagem, a impaciência, a pressa e a intolerância no trânsito já tiraram muitas vidas, são cerca de 45 mil óbitos por ano no trânsito de nosso País, destas mortes, 7.500 são no Estado de São Paulo.  Já o número de internações assusta, foram 72,4 mil pessoas internadas por acidente de trânsito, sendo quase 50%, 35,7 mil vítimas de acidentes com motos.
Quem não fica estressado no trânsito de São Paulo? Congestionamentos, buracos, alagamentos, uma chuva ou um carro quebrado em uma via e o caos se faz, mas isto não justifica termos no ano passado, 1.231 mortes no transito da capital, entre elas, 530 pedestres e 346 pessoas mortas em colisões entre veículos, segundo dados do relatório anual de Acidentes de Trânsito Fatais elaborado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).
Em 2011, a violência no trânsito paulista foi ainda maior, foram 5.394 mortes por acidentes de trânsito, sendo 2.114 pedestres, 1.721 motociclistas, 1.273 passageiros de automóveis e 286 ciclistas. 
  Veículos são meios de transporte, que chegam para facilitar nossas vidas e não devem ser usados como máquina de matar. É inegável que o excesso de veículos causa transtornos e fato que o mal comportamento nas vias provoca as mortes. É lamentável que todas essas mortes sejam causadas por imprudência de um ou de outro, por trafegar irresponsavelmente nas vias.
Precisamos nos conscientizar: pedestres, ciclistas, motociclistas e principalmente motoristas de automóvel e mais ainda, os motoristas de ônibus e caminhões que, de nossa atitude, pode resultar a nossa morte ou a morte de alguém.
Sejamos pacientes e esperemos alguns segundos após o semáforo abrir, para que o primeiro veículo engate a marcha e saia, sem buzinar desesperadamente ou gritar um palavrão. 
Sejamos pacientes quando motoristas e esperemos o pedestre atravessar, e quando pedestres, esperemos para atravessar em segurança, sem se jogar diante dos carros. 
Sejamos tolerantes e não joguemos nossos carros em cima dos outros para disputar espaço, estamos circulando e não competindo. 
Sejamos prudentes o suficiente para respeitar a preferencial, parar nos cruzamentos, respeitar o farol vermelho e os limites de velocidade. 
Devemos ter em mente que, quando se tenta aproveitar o sinal, pode ser que venha no outro sentido alguém com a mesma pressa que você e o resultado de se tentar ganhar alguns minutos pode ser perder a vida e ceifar muitas outras.
Sejamos atentos e não fiquemos pendurados ao celular no trânsito, não só por ser infração e resultar em multas, mas porque atrapalha os outros e em um segundo de distração se pode tirar uma vida, se é inevitável atender coloque em viva voz, solte entre as pernas e será como se estivesse conversando com um passageiro.
Usemos a seta, ela é quem indica para outros motoristas e para os pedestres para onde vamos, isto evita colisões e acidentes. 
Respeitemos a faixa de pedestres e evitemos fechar os cruzamentos, não estamos sozinhos no mundo, outras pessoas querem trafegar. Sejamos educados e não façamos das ruas lixeiras, jogando lixo pelas janelas dos veículos.
Dar passagem não é ser otário, é ser cordial, gentil. 
Fazer ultrapassagem perigosa não é ser esperto, é ser irresponsável. 
Ouvir música é uma delícia, mas faça-o com volume, a uma altura, que não incomode quem está transitando perto, (sua música preferida pode não ser agradável aos outros) e que dê para ouvir uma sirene, uma buzina. 
Não basta saber dirigir, é preciso saber transitar. Não basta saber andar, é preciso saber atravessar. Não basta ter carro, é preciso saber usar. Não bastar ter moto, é preciso saber se cuidar e respeitar os limites e os veículos no trânsito.
Não basta ter a vida, é preciso saber respeitar a vida!

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Inaugurada Unidade Básica de Saúde Integral do Jardim Maringá/Talarico

Unidade apresenta novo modelo de funcionamento e atende de segunda-feira à sábado

Riselda Morais
Com novo modelo, Unidade realizará atendimento a demanda espontânea e de
consultas agendadas

Secretário Municipal de Saúde José de Filippe Junior e o Secretário Municipal de Esportes Celso Jatene
 “A gente tá, mais ou menos, há uns 8 anos numa luta direta junto ao Ministério
 Público para implantar essa UBS", afirma Chiquinho




Entidades recorreram ao Ministério Público para implantar UBS

Foi inaugurada nesta terça-feira (17/09), às 10 horas, a UBS Jardim Maringá/Talarico. A unidade está localizada na Rua Muaná, 214 em Jardim Maringá, no Distrito da Vila Matilde e apresenta um novo modelo de funcionamento, com atendimento de segunda a sexta-feira das 7h às 19h e aos sábados das 8h às 14 h, realizando todas as atividades oferecidas durante a semana. 
A UBS conta com uma equipe de 120 profissionais de saúde com atendimento em especialidades clínicas como ginecologia e obstetrícia, pediatria, psicologia e assistência social, enfermagem, entre outras e realizará o atendimento da demanda espontânea, pessoas que buscam o atendimento sem horário prévio além do atendimento agendado. Conta também com trinta e seis agentes comunitários de saúde, equipe multidisciplinar de atendimento domiciliar e atendimento estratégico de saúde da família.
O Secretário Municipal de Saúde José de Filippe Junior informou que dentro deste novo modelo, além do atendimento sem consulta marcada e com atendimento agendado há ainda o departamento de Regulação que realiza os encaminhamentos para outros especialistas e para a realização de exames e o prontuário eletrônico que facilitará o acesso aos resultados dos exames e ao histórico médico e de atendimentos recebidos pelo paciente em outros equipamentos de saúde. “Com o prontuário eletrônico, temos no computador os exames feitos nos laboratórios que precisavam vir em papéis antes, agora no sistema que nós  implantamos, põe o número do cartão SUS, ele pega os dados de outros lugares e traz para o médico se você passou por alguma emergência, por um AMA “, enfatizou Filippe.
O Secretário Municipal de Esportes, Celso Jatene, lembrou que acompanhou a luta da comunidade para a implantação da UBS e da creche da região enquanto vereador. “Começamos com o abaixo assinado da luta da creche que levou 6 anos e começamos o abaixo assinado da luta da UBS” lembrou Jatene e agradeceu a José Maria, Secretário Adjunto da PMSP do último mandato, por segundo ele, “colocar a UBS nos trilhos, com as primeiras emendas, foram 2 anos de emendas”, informou e acrescentou: “Quando um homem público, tem espírito público, a gente não pode deixar de lembrar”.
  A luta da comunidade para implantar a UBS Jardim Maringá teve inicio no ano de 2000, sem respostas dos Órgãos Públicos, em 2008, líderes comunitários e cerca de 25 entidades recorreram ao Ministério Público solicitando providências. A implantação foi aprovada em 2010 e só agora inaugurada a Unidade.
“Esta comunidade do Maringá e Talarico merece tudo que tem e muito mais, porque é uma comunidade que se une e luta independentemente do vereador, do partido, que sabe lutar pelo que quer, sabe conquistar as coisas pela luta”, observou Celso Jatene.
Para Francisco de Assis Timóteo, o “Chiquinho“, o resultado fez valer a pena os anos de luta e esta é apenas uma, das muitas melhorias que as entidades buscam para a região. “A gente tá, mais ou menos, há uns 8 anos numa luta direta junto ao Ministério Público, unindo todas as entidades, para através da união nos fortalecer e trazer esse benefício”, afirmou Chiquinho que é um líder comunitário atuante, participa do Conselho Participativo, do Conselho do Meio Ambiente e do Conselho de Saúde, além de realizar várias ações sociais dentro da comunidade.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Aluno é condenado a pagar R$ 10 mil de indenização por jogar casca de banana na professora

Riselda Morais

        Um aluno, maior de idade que cursa o  3º ano em Bragança Paulista foi condenado pela Vara do Juizado Especial Cível a pagar um indenização de R$ 10 mil a professora por ter lhe jogado uma casca de banana em sala de aula. O aluno foi condenado por dano moral contra a professora e por litigância de má-fé por apresentar duas testemunhas que mentiram em juizo em sua defesa.
     A decisão tomada pelo juiz Juan Paulo Haye Biazevic após ouvir várias testemunhas determinou que a conduta atingiu a autora em seus atributos mais importantes da personalidade, expondo-a ao ridículo em um ambiente no qual ela deve deter a autoridade necessária e suficiente para ensinar e educar.
“Em um momento histórico onde as ruas do país são tomadas por pessoas exigindo melhorias na educação, jovens esquecem que, além de direitos, eles também têm deveres. Não basta bradar por investimentos em educação se, na sala de aula, quem se dedica à tarefa de ensinar não é respeitado. Qualquer esforço do poder público para melhorar a educação do país cairá por terra se os alunos não estiverem dispostos a aprender. Grande parte da desmotivação dos professores, e isso, é óbvio, também deve ser atribuída à postura dos nossos jovens. Lamentavelmente prolifera no país uma cultura de que ser estudioso e esforçado não é digno de admiração, o que se admira é ser malandro e insolente”, afirma o juiz.
A versão do aluno, de que estava brincando com um colega, jogando a casca no cesto de lixo, foi reforçada por dois colegas mas não convenceu ao juiz e o condenou por litigância de má-fé e disse durante a sentença : “Não sei o que é mais risível. A conduta do réu de arremessar a casca na professora ou a conduta de suas testemunhas de tentar convencer um juiz de Direito de que pessoas, quando querem jogar cascas de banana em um cesto de lixo, arremessam-nas, antes, dois metros para o alto”, afirmou Juan Paulo Haye Biazevic e condenou o aluno a  condenou o aluno ao pagamento de multa de 1% sobre o valor da causa e ao pagamento das custas, despesas e honorários, arbitrados em 20% do valor da condenação.
      O juiz também determinou a instauração de inquérito policial contra os colegas que mentiram em juizo. “Ambas as testemunhas vieram a juizo para mentir e receberão as consequências previstas na legislação para essa conduta. Houve ato ilícito”, afirmou o juiz.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

População do Brasil diminuirá a partir de 2043

Mulheres se tornam mães mais velhas e têm cada vez menos filhos

Riselda Morais           

          Foi-se o tempo em que as mulheres casavam-se cedo e tinham tantos filhos que chegavam a formar escadinha no tamanho por ter nascido um por ano, a ideia de formar time de futebol com filhos é coisa dos homens do passado.
Com mais estudo, inserção no mercado de trabalho e independência financeira, as mulheres estão tendo filhos cada vez mais tarde e cada vez menos filhos.
            Segundo dados do IBGE, as mulheres têm hoje, em média, 1,77 filhos e estima-se que a taxa de natalidade seguirá em queda, atingindo 1,61 filhos em 2020 e 1,5 filhos em 2030. A idade média da maternidade também continua subindo, as mulheres estão tendo o primeiro filho aos 26,9 anos, em média, idade que subirá para 28 anos em 2020 e 29,3 anos em 2030.      Quem pensa que o Nordeste é a região com maior taxa de natalidade, engana-se. A maior taxa pertence a região Norte, em especial aos Estados do Acre com 2,6 filhos por mulher, seguido do Amazonas e Amapá com 2,4 filhos por mulher.
            Segundo dados da “Projeção da População do Brasil por Sexo e Idade para o período de 2000/2060“, disponibilizados pelo IBGE, o Brasil tem uma população estimada em 201.032.714 habitantes e continuará crescendo cada vez menos, em 2020 teremos uma população em torno de 212.537.006 habitantes e deve chegar a 228,4 milhões de pessoas em 2042,  a partir de 2043 diminuirá gradualmente e em 2060 ficará em torno de 218,2 milhões de pessoas, sendo a população majoritariamente feminina, serão  112.583.952 habitantes do sexo feminino e 106.553.289 habitantes do sexo masculino. 
            As estimativas por área, no País, mostram que a Região Sudeste continuará sendo a mais populosa com cerca de 92.789.422 habitantes em 2030, sendo que o Estado de São Paulo terá 48.583.833 habitantes. Minas Gerais totalizará 22.222.260 habitantes e no Rio de Janeiro a população chegará a 17.461.272 habitantes.
            Viveremos mais, eis a grande e boa notícia. Aumenta a expectativa de vida dos brasileiros. 
            Hoje a expectativa de vida do homem é de 71,2 anos, idade que subirá para 78 anos em 2060. Já a expectativa de vida da mulher brasileira, que hoje é de 74,8 anos alcançará 84,4 anos em 2060. Neste ínterim, na média total, a expectativa de vida ao nascer deve atingir os 80,0 anos em 2041, chegando a 81,2 anos em 2060. Já entre os Estados, a esperança de vida em Santa Catarina deve alcançar os 80,2 anos já em 2020. Nesse mesmo ano, o Maranhão deve ser o estado com menor expectativa de vida 71,7 anos, mas deve chegar a 74,0 anos em 2030 e, assim, ultrapassar Rondônia e Piauí, que estarão com esperanças de vida em 73,8 e 73,4 anos, respectivamente.
            Na década de 2020 a 2030, a tendência migratória interna continuará alta, segundo a Projeção, os Estados do Pernambuco, Bahia, Alagoas, Ceará, Piauí, Maranhão e Rio Grande do Sul terão o maior número de pessoas saindo de seu Estado Natal, todos acima de 10 mil emigrantes, sendo a Bahia o que terá maior perda populacional -46,6 mil em 2020 e -39,3 mil em 2030. Enquanto os Estados de Santa Catarina, São Paulo, Goiás, Distrito Federal e Espírito Santo terão os maiores saldos positivos, todos acima de 10 mil imigrantes. Santa Catarina deve se manter com o maior saldo migratório, 37,1 mil em 2020 e 34,3 mil em 2030. 
            São Paulo continua sendo o Estado mais populoso com 43,6 milhões de habitantes em 2013 e a cidade mais populosa do Brasil com 11.821.876 de habitantes, já Serra da Saudade em Minas Gerais tem o posto de menos populosa com apenas 825 habitantes.
            Diante das projeções, cabe ao Brasil se preparar para cuidar bem de seus idosos, buscar soluções para evitar a perda populacional em uns Estados e a superpopulação em outros, evitar a queda da natalidade no País e preparar cidades como São Paulo para suportar as consequências do aumento populacional e migratório, oferecendo mais qualidade de vida.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

35ª Festa das Cerejeiras atraiu cerca de 40 mil visitantes ao Parque do Carmo

       Riselda Morais
Visitantes apreciam a beleza, caminham entre as árvores Sakura,
sentam sob as cerejeiras, sentem as flores e as contemplam.

Apresentação de dança
Masataka Ota comparara a delicadeza da flor de Sakura às mulheres brasileiras

       Nos dias 03 e 04, primeiro fim de semana do mês de agosto como já é tradição, foi realizada no Bosque das Cerejeiras do Parque do Carmo, a 35ª Festa das Cerejeiras. 
Durante o evento, cerca de 40 mil pessoas de todas as idades, contemplaram a florada dos mais de 4 mil pés de Sakura, das espécies yukiwari, himalaia e okinawa plantadas no Bosque das Cerejeiras. 
A contemplação das flores acontece apenas uma vez ao ano, pois a floração dura apenas dez dias, mas antes que as pétalas das delicadas flores se dispersassem  no ar produzindo um belíssimo espetáculo da natureza, os visitantes puderam apreciar a beleza, caminhar entre as árvores Sakura, sentar sob as cerejeiras, sentir as flores e contemplá-las durante um bom período.
Além de apreciar as flores, os visitantes puderam assistir a diversas atividades artísticas, entre elas, apresentações de dança típica japonesa, exibições dos grupos de Taiko e Tambores japoneses com suas batidas ritmadas e saborear pratos da culinária japonesa como mandyu (doce recheado com massa de feijão azuki), yakissoba, udon (macarrão ensopado), sakura moti, tempurá, dorayaki e obentô.
Organizada pela Federação Sakura e Ipê do Brasil, a festa já faz parte do calendário oficial da cidade.
O Vereador Masataka Ota comemorou o fato da Sakura ter se dado bem aqui no Brasil que é um País tropical  e comparou a delicadeza das flores as mulheres brasileiras. “Há 35 anos atrás essa planta veio para o Brasil e deu certo, hoje temos milhares de árvores Sakura e todo ano a gente faz essa homenagem, porque essa flor é pequenininha, mas é delicada como as mulheres brasileiras, eu acho que isso é importante, a beleza das flores da Sakura.
A cerejeira é a árvore símbolo do Japão e tornou-se a marca dos descendentes da comunidade nipônica que vive em São Paulo, resgatando a tradição do povo japonês. 
Todos os anos essa comunidade pratica um ritual o “hanami”. 
O Parque do Carmo é localizado à Avenida Afonso de Sampaio e Souza, 951 na Zona Leste da capital paulista.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Ministra da Cultura Marta Suplicy lança plano de ação cultural para a Copa do Mundo 2014

Riselda Morais

Ministra da Cultura Marta Suplicy lança plano de ação cultural para a Copa do Mundo 2014
Ministra da Cultura Marta Suplicy durante coletiva de imprensa

Trabalhador presenteia a ministra
Participaram pessoas ligadas a cultura 
         A ministra da Cultura Marta Suplicy, lançou nesta quinta-feira (08/08), na Arena Corinthians em Itaquera, o Concurso Cultura 2014. “Nós escolhemos lançar aqui, porque aqui vai ser a abertura da Copa do Mundo”, afirmou Marta.
Com o objetivo de exibir a produção artística e a riqueza cultural do Brasil a ação irá ampliar as agendas de atrações culturais das 12 cidades-sede da Copa do Mundo para propiciar e ampliar as ações artísticas e culturais brasileiras de intercâmbio, circulação, criação e conhecimento nas áreas de música, dança, literatura, artes visuais, circo, teatro, audiovisual, manifestações tradicionais, gastronomia, artesanato, moda, design, arquitetura e patrimônio.
“ A cultura é que dá identidade a um país”, afirmou Marta e manifestou o desejo de ampliar os conhecimentos das pessoas para as riquezas culturais brasileiras ainda desconhecidas para estrangeiros e até mesmo para brasileiros: “Nós temos que nos conhecer culturalmente também, além disso, a gente vai mostrar para fora o outro Brasil, além do que já se conhece, este é o grande desafio”, enfatizou.
A ministra falou da grandeza e da diversidade das artes brasileiras, sendo este, segundo ela, um grande legado que ficará depois da Copa do Mundo 2014. “Nossa cultura tem uma identidade nacional forte, a identidade do samba, do carnaval, da música, do futebol. Nós temos uma identidade positiva, o que nós temos que fazer é ampliar essa identidade para as maravilhas que as pessoas não conhecem”, explicou Marta e acrescentou “Quando acabar a copa a gente quer que a nossa imagem tenha se ampliado, tenha mudado”.
A deputada Luciana Santos, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cultura falou sobre a diversidade cultural brasileira como patrimônio material e imaterial que ficará como legado. “Nós precisamos mostrar aquilo que é um dos maiores patrimônios brasileiros, que é o seu jeito de ser, seus comportamentos, suas linguagens”, diz Luciana.
O  representante do Corinthians, Andrés Sanchez falou sobre o crescimento e o desenvolvimento da Zona Leste da capital paulista com a vinda da Arena Corinthians e as consequências positivas e negativas. “Todo crescimento traz coisas muito boas e traz algumas coisas que não são tão boas para algumas pessoas, essas pessoas têm que lutar para ir para um lugar melhor do que estão (...) Infelizmente na zona leste tem muita invasão, coisas que as pessoas sabem que não são corretas”, disse Andrés referindo-se a transferência dos moradores de uma comunidade carente que fica próximo a Arena.
Serão investidos cerca de 74,5 milhões de formas diferentes, sendo assim descritas pela Ministra Marta Suplicy: 
- 19 milhões para a parte de cultura.
- 17,5 milhões para a Revitalização de equipamentos, recuperar equipamentos de cultura escolhidos pelas cidades-sede: Curitiba, Fortaleza, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo .
- 20 milhões da Petrobrás para museus.
- 2 milhões para flash mob.
- 12 milhões para espaço cultural Fan Fest (o Ministério passa para as prefeituras que farão as tendas).
- 4 milhões para a comunicação.
O senador Antonio Carlos Rodrigues falou da grandeza dos investimentos, sobre a Copa 2014: “ O mundo todo estará com os olhos voltados para o Brasil”, disse e concluiu: “Investir em cultura é acreditar no Brasil”.
O Concurso Cultura 2014 - em parceria com governos estaduais e municipais – proporcionará uma programação cultural ininterrupta de 10 de junho a 15 de julho de 2014. Artistas e grupos interessados poderão se inscrever a partir do dia 9 pelo sistema SalicWeb, no site do Ministério da Cultura (www.cultura.gov.br). 
Participaram do evento: Irmãos Otaku, Sérgio Mamberti, Presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes) e da Fundação Palmares, Guti Fraga, Senador Antonio Carlos Magalhães, Deputada Luciana Santos, Secretário Executivo de Cultura Marcelo Pedroso, o representante do Corinthians Andrés Sanchéz, Presidente da Fundação Palmares Ivo Cobra, Secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural Márcia Rollemberg, Presidente da Cooperativa Paulista de Teatro Rudifran Pompeu, Deputada Estadual Leci Brandão, Vereador Reis, Elder Vieira Gerente de Projetos do Ministério do Esporte, os músicos da Orquestra Filarmônica de Paraisópolis (abriram o evento) e artistas do Grupo de Teatro Ponto de Cultura, além da imprensa e de funcionários da Odebrecht que constroem a Arena.

quarta-feira, 31 de julho de 2013

1º Encontro do Grupo “Nós e a Escoliose” de São Paulo

Objetivo  é aproximar pessoas que vivem os mesmos problemas, trocar informações, dividir  histórias, tirar dúvidas e conscientizar sobre a escoliose que é uma doença ainda tratada com preconceito por muitas pessoas.

Riselda Morais


Membros do Grupo Nós e a escoliose esclarecem dúvidas sobre a doença e dividem suas histórias

“Quanto mais cedo for feito o diagnóstico, mais cedo você trata, mais chances você tem de fugir da cirurgia e mais chances tem de corrigir a coluna”, alerta Dr. Marcus 



Foi realizado no sábado (27/07), em Itaquera, o 1º Encontro do “Grupo Nós e a Escoliose” de São Paulo. O Grupo tem uma página no facebook e já conta com mais de 700 membros, tem como objetivo aproximar pessoas que vivem os mesmos problemas, trocar informações, dividir suas histórias, tirar dúvidas e conscientizar sobre a escoliose que é uma doença ainda tratada com preconceito por muitas pessoas.
O encontro foi organizado por Regiane e Aline que são membros do Grupo. Regiane, 40 anos teve a escoliose diagnosticada há 27 anos já com 41º, mesmo com o tratamento conservador evoluiu para 70º, desenvolveu tendinite e bucite no quadril com um quadro de fortes dores, há 8 meses optou pela intervenção cirúrgica para a correção de escoliose.
 “Encontrar o médico foi muito difícil, encontrava vários Ortopedistas mas eles não eram especializados em escoliose ou em coluna e tinha poucas informações, me sentia completamente insegura, tive muito medo de fazer a cirurgia, tinha medo de morrer, tinha medo de sangrar, tinha medo do que pudesse acontecer, encontrei Dr. Marcus, foi muito importante pra mim fazer a cirurgia com ele“, revela Regiane emocionada. Aline, 24 anos, descobriu a escoliose aos 16 anos, mas devido a diversidade de opiniões médicas acabou deixando a escoliose esquecida por 7 anos, realizou a cirurgia em 2012, com 67º na torácica e 50º na lombar e ficou muito bem depois da cirurgia. 
“Infelizmente muitas pessoas que têm escoliose sofrem preconceitos, então acho que ainda temos muito que conversar, que debater”, afirma Aline.
O encontro contou com o convidado especial, Dr. Marcus Alexandre Mello Santos, médico Ortopedista Cirurgião de Coluna que esclareceu todas as dúvidas dos membros do grupo que compareceram, enviaram perguntas ou deram depoimento em vídeo. 
A escoliose é um desvio da coluna vertebral para a esquerda ou direita, resultando em um formato de “S” ou “C”. “É um desvio da coluna no plano frontal acompanhado de uma rotação e de uma gibosidade”, disse Dr. Marcus  que também explicou as origens da escoliose em três grupos:
- O 1º e menor grupo é da escoliose congênita diagnosticada quando tem algum defeito de formação em uma das vértebras e isso forma uma curva. 
- O 2º grupo inclui  cerca de 70% das deformidades, que é a escoliose idiopática da criança, juvenil e do adolescente. “Na medicina, tudo que é idiopático a gente não sabe a origem específica, por que gerou uma curva na coluna da pessoa, então a gente tem que acompanhar de 4 em 4 meses para entender o que está acontecendo, se está aumentando o grau ou não “, explicou Dr. Marcus.
- O 3º grupo é o da Escoliose Neuromuscular, nesse caso o paciente tem uma doença que gera o problema na coluna, pode ser uma distrofia muscular ou Mielomeningocele (Espinha Bífida) por exemplo.
Segundo Dr. Marcus, a gibosidade, ou giba, é formada pela rotação da coluna que gira sobre o próprio eixo, fazendo com que um tórax fique mais alto e o outro mais baixo e tem difícil correção. “Muitas vezes a gente corrige a escoliose, mas não zera a rotação, fica sempre uma deformidade residual da cirurgia, uma giba residual “, esclarece e recomenda atividade física de baixo impacto depois de algum tempo da cirurgia, quando liberado pelo médico: “Atividade física é extremamente importante, necessária porque quanto mais você trabalha a musculatura que fica em volta da coluna mais estabilidade e mais força, vai ter menos sobrecarga em cima das vértebras que não foram operadas“.
Dr. Marcus esclareceu que normalmente e na maioria dos casos, a curva da escoliose é para o lado direito e quando a curva é para a esquerda, é necessário que se faça uma ressonância magnética para detectar alteração na medula, existe alguma fisiopatologia, informou ainda, que só a escoliose acima de 60º pode comprometer a respiração por que o pulmão fica pressionado e não consegue expandir, com o tempo, também compromete o coração, por isto a indicação cirúrgica é médica e não estética, mas segundo ele, a intervenção cirúrgica é a última opção, deve vir primeiro o tratamento conservador com RPG, natação, atividade física, fisioterapia, uso de colete e observar a evolução, uma vez que quem determina a indicação cirúrgica é o grau e a maturidade óssea.
Quanto aos riscos de uma cirurgia para correção de escoliose, Dr. Marcus explicou que “em todo procedimento cirúrgico existe risco, até unha encravada e a medicina não é matemática, cada organismo responde de uma forma”, disse e esclareceu: “A gente se cerca de todos os procedimentos para segurança, faz exames pré operatórios, opera em um bom hospital que tenha baixo índice de infecção hospitalar, usa um bom material de última geração,  deixa bolsa de sangue reservada, o pós operatório é na UTI, toma os cuidados com a ferida cirúrgica para evitar infecção, entre outros procedimentos; mas existe o risco de uma perda de sangue significativa, do paciente precisar de uma transfusão sanguínea, o risco com relação a anestesia, risco neurológico, estamos tratando da coluna e tem uma medula ali no meio”, enfatizou. Logo depois, Dr. Marcus ressaltou a importância da presença do médico neurofisiologista realizando o monitoramento da cirurgia: “Se tem alguma coisa levando risco ao paciente, se surge um sangramento intenso, uma questão neurológica ou com o material é detectado pelo médico monitor, nesse caso é prudente o médico abortar, fechar, esperar o paciente se recuperar e realizar a cirurgia em um segundo ou até terceiro tempo, é a segurança do paciente em primeiro lugar “, tranquiliza.
A incidência de escoliose é maior  em meninas, segundo estudos, para cada 7 meninas portadoras de escoliose tem 1 menino, é difícil de detectar porque não dói e nas pessoas mais gordinhas geralmente só é percebida quando o grau já está elevado. 
Enquanto no adulto a escoliose cresce 0,5 graus ao ano, o que parece pouco mas somados a todos os anos de vida chega-se a uma grande deformidade, no adolescente com escoliose idiopática, a deformidade da coluna aumenta de acordo com o crescimento dele, assim explica Dr. Marcus: “É nessa fase de crescimento rápido do adolescente que a escoliose cresce, que ela aparece“ e deu como exemplo as pioneiras da escoliose “a menina cresce de uma maneira linear até chegar a fase de pré puberdade, a primeira menstruação é uma divisão. Cresce de maneira rápida até chegar a primeira menstruação, depois desacelera o crescimento; até dois ou três anos na pós menstruação existe crescimento, é nessa fase que se faz a maioria dos diagnósticos de escoliose “.
Em casa ou na escola, pais ou professores de Educação Física, podem fazer um teste simples, o Teste de Adams, que detecta a escoliose nas crianças e adolescentes, basta seguir as seguintes orientações passadas pelo Ortopedista:
- Peça para a criança ou adolescente soltar os braços, juntar os pés, colocar o queixo no peito e vá inclinando para a frente, olhe para a coluna de frente e observe se todos os ossos da coluna estão alinhados, se estiverem, ótimo, está tudo bem, mas se houver desalinhamento leve a um  Ortopedista de coluna para que seja feito um RX e diagnosticado o problema.
Este teste simples e feito por qualquer pessoa é muito importante, segundo o médico, “quanto mais cedo for feito o diagnóstico, mais cedo você trata, mais chances você tem de fugir da cirurgia e mais chances tem de corrigir a coluna”, alertou.
Dr. Marcus Alexandre Mello Santos é formado pela Faculdade de Medicina de Catanduva, formou-se Médico Ortopedista em São Paulo onde se especializou em coluna, trabalha na AACD há 11 anos e realiza cirurgia de coluna há 13 anos.