Traduzir

Pesquisar

terça-feira, 23 de novembro de 2010

CET implanta operação Natal na região do Brás

      A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar o trânsito e intensificar a operação e fiscalização na região do Brás até o dia 24 de dezembro, de segunda a sábado, da 1h às 18h, em virtude do período de compras de Natal e festas de fim de ano, assim como o aumento do fluxo dos ônibus de fretados. As alterações e bloqueios acontecerão de acordo com o aumento destes fluxos, intensificando-se ao longo do mês de novembro.
         A operação acontecerá no entorno da avenida do Estado, rua João Teodoro, rua Silva Teles, rua Bresser, avenida Celso Garcia, avenida Rangel Pestana, largo da Concórdia, rua Barão de Ladário, rua Oriente, rua Monsenhor de Andrade e rua São Caetano.

Alterações

         Durante esta operação, serão implantadas alterações na sinalização, em caráter temporário, intensificando-se de acordo com o aumento do fluxo veicular nas seguintes vias:
- Restrição de estacionamento: rua São Caetano, entre as ruas João Jacinto e Monsenhor de Andrade; rua João Jacinto; rua Miller, entre a ruas Conselheiro Belisário e travessa Abreu Junior; rua Elisa Witacker (restrição junto à Zona Azul); rua Henrique Dias; rua Rodrigues dos Santos, entre as ruas Oriente e Silvio Penteado; rua Monsenhor de Andrade, entre as ruas Henrique Dias e Oriente; rua Barão de Ladário, entre as ruas João Teodoro e Oriente; rua Doutor Ricardo Golçalves, próximo à rua Almirante Barroso; rua Bresser com a rua Xavantes.

- Retirada de sinalização de carga e descarga: rua João Teodoro, entre as ruas Maria Marcolina e João Jacinto.
- Alteração do horário de carga e descarga: rua Rubino de Oliveira, entre a avenida Rangel Pestana e rua Doutor Carlos Botelho.
Estacionamento Rotativo: rua Rodrigues dos Santos, entre as ruas Julio Ribeiro e João Teodoro .
- Alteração do sentido de circulação: rua Rodrigues dos Santos, entre as ruas Oriente e Julio Ribeiro (com horário); rua Rodrigues dos Santos, entre as ruas João Teodoro e Alexandrino Pedroso; rua Bresser com a rua Xavantes.

Bloqueios

Quando o sistema viário não comportar o fluxo de pedestres e de veículos, serão realizados bloqueios operacionais nas seguintes vias: rua São Caetano x avenida do Estado; rua São Caetano x rua Monsenhor de Andrade; rua João Teodoro x rua Monsenhor de Andrade; rua Miller x largo da Concórdia.

Desvios
         Caso os bloqueios acima sejam acionados, os motoristas poderão utilizar os seguintes desvios: rua São Caetano x avenida do Estado: avenida do Estado (sentido Santana), rua Afonso Arinos, rua Hannemann, avenida Vautier e rua Monsenhor Andrade; rua São Caetano x rua Monsenhor de Andrade: rua Elisa Witacker, rua Barão de Ladário e rua Oriente; rua João Teodoro x rua Monsenhor de Andrade: rua João Teodoro, rua João Jacinto, rua São Caetano e rua Monsenhor Andrade; rua Miller x Largo da Concórdia: avenida Rangel Pestana (sentido bairro), rua Doutor Ricardo Gonçalves, rua Visconde de Abaeté, rua Maria Marcolina, rua Conselheiro Belisário e rua Miller.
         Para garantir a segurança dos pedestres que se deslocam dessa região para a rua 25 de Março, será efetuada canalização na avenida do Estado (sentido Santana), entre a rua São Caetano e Largo do Pari, aumentando a área destinada à circulação dos mesmos.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Empreendedores formalizados no País superam 700 mil


Empreendedores formalizados no País superam 700 mil  
  • Segunda Semana de Formalização vai até 20 de novembro
Número deve aumentar com a segunda edição da Semana do Empreendedor Individual
A quantidade de empreendedores formalizados no Brasil chegou a 703.516 na quinta-feira (11), de acordo com Receita Federal do Brasil (RFB). O número deve aumentar nos próximos dias com o início da segunda Semana de Formalização - de 15 a 20 de novembro - promovida pelo Sebrae e entidades parceiras do Programa do Empreendedor Individual. A proposta dos organizadores do evento é realizar ações para permitir o cadastro dos pequenos empreendedores. Durante o evento haverá palestras e outras atividades esclarecendo a população sobre questões previdenciárias.
Diferentemente da primeira edição, concentrada nas capitais e grandes cidades, desta vez a mobilização tem como foco cidades pólo do interior. São municípios como Brasiléia (AC), Parintins (AM), Valparaíso (GO), Barra Mansa (RJ), Maringá (PR) e outras 100 localidades. Embora, a proposta seja interiorizar a iniciativa, também haverá ações em dez capitais: Salvador, Fortaleza, São Luis, Belo Horizonte, Belém, Teresina, Natal, Florianópolis, Palmas, Aracaju.
O gerente de Atendimento Individual do Sebrae, Ênio Pinto, espera que esta segunda semana permita aproximar mais da meta de 1 milhão de formalizações, “ Com a primeira mobilização conseguimos 46 mil formalizados em uma semana, esse número representa o triplo da média histórica nacional do Sebrae. Além disso, já ter tirado 700 mil negócios da informalidade é bastante expressivo”, destaca.
Formalização - O Programa Empreendedor Individual estimula a legalização das atividades de homens e mulheres que trabalham por conta própria no comércio, na indústria e no setor de serviços e têm renda bruta anual de até R$ 36 mil. Formalizado, o trabalhador passa a ter direito à proteção da Previdência Social e a benefícios como o auxílio-doença, aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão.
Além dos benefícios da Previdência Social, o empreendedor individual pode ter acesso a juros diferenciados na rede bancária, participar de compras do governo e de licitações para venda de produtos ou serviços. Têm ainda imposto zero para o governo federal e pagam apenas R$ 1 de ICMS, se for do comércio e da indústria, ou R$ 5 de ISS, caso atuem no setor de serviço, além da contribuição previdenciária de R$ 56,10 (11% sobre o salário mínimo). Para aqueles que têm atividade mista, de comércio e indústria e prestação de serviço, o custo é de R$ 62,10.
Empreendedor individual
- O trabalhador passa a ter direito à proteção da Previdência Social.
- Tem benefícios como o auxílio doença, aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão.
- Pode ter acesso a juros diferenciados na rede bancária.
- Pode participar de compras do governo e de licitações para venda de produtos ou serviços.
- Tem imposto zero para o governo federal e paga apenas R$ 1 de ICMS, se for do comércio e da indústria, ou R$ 5 de ISS, caso atuem no setor de serviço.

- Paga contribuição previdenciária de R$ 56,10 (11% sobre o salário mínimo).

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

GRAACC promove encontro sobre atendimento escolar no hospital


O atendimento escolar dentro dos hospitais é uma ferramenta essencial para garantir o acesso à educação básica de crianças e adolescentes que passam por tratamentos médicos mais complexos. Com o objetivo de contribuir para o aprimoramento de políticas públicas que permitam aos jovens estudar e se tratar ao mesmo tempo, o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer – GRAACC e o Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp promovem o II Fórum Nacional de Atendimento Escolar Hospitalar, entre os dias 19 e 21 de novembro (programação anexa).
Ao todo, 300 profissionais das áreas de educação e da saúde de todo o País estarão reunidos no evento para discutir, refletir e propor novos rumos aos processos de implementação, profissionalização e acesso ao desenvolvimento da educação hospitalar.  “É necessário um trabalho de formação dos professores e a produção de conhecimento científico sobre esse fazer educacional fora da sala de aula tradicional”, afirma Amália Covic, coordenadora do projeto Escola Móvel, em funcionamento no GRAACC desde 2000.
A Escola Móvel possibilitou, desde a sua implantação, o atendimento de cerca de 2,5 mil crianças e adolescentes com idades entre 4 e 23 anos, em tratamento no GRAACC. Para se ter uma ideia, no início do Escola Móvel praticamente 50% dos pacientes com idade escolar não estavam matriculados em uma escola de origem. Hoje, esse número caiu para 5%, experiência positiva que o GRAACC deseja disseminar.

Serviço:
II Fórum Nacional de Atendimento Escolar Hospitalar
Data: de 19 a 21 de novembro de 2010
Local: Teatro Marcos Lindemberg – UNIFESP
Inscrições gratuitas:  www.graacc.org.br


Referência no tratamento e pesquisa do câncer infanto-juvenil na América Latina, principalmente em casos de alta complexidade, e uma das mais respeitadas e bem-sucedidas ONGs do País, o GRAACC, criado em 1991, tem a missão de garantir a crianças e adolescentes com câncer, todas as chances de cura com qualidade de vida. A organização é reconhecida pelos expressivos resultados obtidos na cura do câncer infantil, alcançando índices de cerca de 70%, semelhantes aos de instituições de saúde européias e norte-americanas.
O GRAACC tem um hospital próprio (fundado em 1998), o Instituto de Oncologia Pediátrica - IOP, em parceria técnico-científica com a Universidade Federal de São Paulo - Unifesp. Na unidade são realizados mais de quatro mil atendimentos por mês, entre consultas, tratamentos quimioterápicos, cirurgias, transplantes de medula óssea, internações e outros procedimentos. Com um orçamento de R$ 50 milhões anuais, atende, em média, 300 novos casos/ano. Informações: www.graacc.org.br

China passa a frente dos Estados Unidos e Brasil tem 2 entre os 500 supercomputadores

Por: Riselda Morais 
                                                                        Tianhe-1A

Entre os 500 supercomputadores mais poderosos dois computadores brasileiros estão entre os mais rápidos do mundo, segundo o site Top500.org, que é composto por pessoas de diversas universidades do mundo e listou os melhores supercomputadores do planeta. A China superou os Estados Unidos, e aparece em primeiro lugar com o Tianhe-1A, a máquina construída pela Universidade Nacional de Tecnologia da Defesa e instalado no Centro Nacional de Supercomputação, em Tianjin.
MANNHEIM, Alemanha; BERKELEY, Califórnia, e Knoxville, Tennessee-A edição 36 da lista TOP500 observou de perto os mais poderosos supercomputadores do mundo e confirma os boatos de aquisição do primeiro lugar pelo sistema chinês Tianhe-1A, no Centro Nacional de Supercomputadores em Tianjin, alcançando um nível de desempenho de 2,57 petaflops / s (quatrilhões de cálculos por segundo).
Os brasileiros ficaram em 29° lugar com o Tupã, do CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos), e em 115º posição com o Galileu, do Núcleo de Atendimento em Computação de Alto Desempenho da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Das 10 melhores máquinas, cinco são dos Estados Unidos e os outros estão na China (dois supercomputadores), Japão, França e Alemanha.
Notícias do desempenho do sistema chinês surgiu no final de outubro. Como resultado, um sistema - Cray XT5 "Jaguar" sistema do Departamento dos EUA (DOE) da Energia do Oak Ridge Leadership Computing Facility em Tennessee - está classificado em segundo lugar. Jaguar alcançado 1,75 petaflop / s Linpack execução, a aplicação de benchmark TOP500.
O terceiro lugar é agora ocupado por um sistema chinês chamado nebulosas, que também foi derrubado um lugar na lista TOP500 junho de 2010 com o aparecimento de Tianhe-1A. Localizado no Centro Nacional de Supercomputação em Shenzhen, nebulosas realizada em 1,27 petaflop / s.
Tsubame 2,0 no Instituto de Tecnologia de Tóquio é o número quatro, por ter alcançado um desempenho de 1,19 petaflops / s. Tsubame é a única máquina japonesa no TOP10.
No número cinco é Hopper, um sistema Cray XE6 no DOE Nacional de Pesquisa Energética Computação Científica (NERSC) Center, na Califórnia. Hopper apenas quebrou a barreira do petaflop / s com 1,05 petaflop / s, tornando-o o segundo sistema mais poderoso os EUA e só a máquina EUA terceiros para a realização petaflop / s de desempenho.
Dos 10 principais sistemas, sete alcançaram desempenho igual ou superior a 1 petaflop / s. Cinco dos sistemas no Top 10 são novos na lista. Das 10 melhores, cinco são dos Estados Unidos e os outros estão na China, Japão, França e Alemanha. O sistema mais poderoso da Europa é um sistema Bull no CEA francês (Commissariat à l'énergie atomique et aux alternativas de energias ou Atômica e Energias Alternativas da Comissão), classificada em número de seis.
A lista completa TOP500 e análise de acompanhamento serão discutidos em uma sessão especial de 17 de novembro na Conferência SC10 em computação de alto desempenho, redes, armazenamento e análise a ser realizada 13-19 novembro em New Orleans, Louisiana
Acelerar o Desempenho
Os dois sistemas chineses e Tsubame 2.0 são usam GPUs (unidades de processamento gráfico) para acelerar a computação. No total, 17 sistemas em GPUs TOP500 uso de aceleradores, com 6 usando o processador Cell, dez deles usando chips da NVIDIA e um usando chips da ATI Radeon.
A China também está acelerando a passagem em computação de alto desempenho e agora tem 42 sistemas na lista TOP500, movendo-se passado no Japão, França, Alemanha e Reino Unido para se tornar o número dois países trás os EUA

Mudanças geográficas
Embora os EUA continuem sendo o principal consumidor de sistemas de HPC com 275 dos 500 sistemas, esse número caiu de 282 em junho de 2010. A participação europeia - 124 sistemas, contra 144 - ainda é substancialmente maior do que a quota da Ásia (84 sistemas - acima de 57). países dominantes na Ásia são China, com 42 sistemas (acima de 24), Japão com 26 sistemas (acima de 18), e Índia, com quatro sistemas (de cinco).
Na Europa, Alemanha e França, encontrou-se com o Reino Unido, que caiu da nação n º 1 europeu de 38, há seis meses a 24 sobre a nova lista. Alemanha e França, o Reino Unido passou e agora têm 26 e 25 sistemas cada um, embora a França está para baixo a partir de 29 e na Alemanha é de até 24 sistemas em comparação com seis meses atrás.

Outros destaques da lista mais recente
· Cray Inc., a empresa dos EUA, que foi sinônimo de supercomputação, recuperou o segundo lugar em termos de quota de mercado medida em desempenho, passando à frente de HP, mas ainda está atrás da IBM. Cray XT e sistemas XE continuam a ser muito popular para clientes de grande investigação, quatro dos quais estão no Top 10.

· HP ainda está à frente da Cray medido pelo número de sistemas, e ambos estão à frente da IBM.
· Intel domina o mercado de processadores high-end, com 79,6 por cento (398) de todos os sistemas que utilizam processadores Intel, embora esta seja ligeiramente abaixo dos seis meses (406 sistemas, 81,2 por cento).
· Intel agora é seguido pela família AMD Opteron, com 57 sistemas (11,4 por cento), acima de 47. A participação dos processadores IBM Power está em ligeiro declínio, com agora 40 sistemas (8,0 por cento), abaixo dos 42.
· processadores Quad-core são usados em 73 por cento (365) dos sistemas, enquanto 19 por cento (95 sistemas) já estão utilizando os processadores com seis ou mais núcleos.
Em apenas seis meses, segundo o site, o nível de entrada para a lista subiu para 31,1 teraflop / s (trilhões de cálculos por segundo) no benchmark Linpack, comparado a 24,7 TFLOP / s há seis meses.
· O sistema de última classificada na mais recente lista foi listado na posição 305 no TOP500 anterior apenas seis meses atrás. Esta taxa de rotatividade é de cerca de média, após a taxa de substituição mais baixa, há seis meses.
· O desempenho total de todos os 500 sistemas cresceu para 44,2 Pflop / s, em comparação a 32,4 Pflop / s, há seis meses e 27,6 PFlop / s um ano atrás.

 No Brasil:
Neste ano, chegou ao Brasil um supercomputador para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE. Foram necessários vários caminhões para transporte cerca de 90 volumes que compunham a máquina. Ela foi adquirida por R$ 50 milhões pela Fapesp em conjunto com o Ministério da ciência e Tecnologia e do Finep, Financiadora de Estudos e Projetos.
            Segundo informações oficiais, o supercomputador, produzido pela Cray, terá um sistema composto de 13 gabinetes. Eles permitirão gerar previsões de tempo mais pontuais, com maior antecedência e de melhor qualidade.

sábado, 13 de novembro de 2010

Com governo de Geraldo Alckmin, PSDB chegará a 20 anos

Por: Riselda Morais


O Governador Geraldo Alckmin, 57 anos, foi eleito com 50,63% dos votos válidos no primeiro turno das eleições de 2010, chegando em 1º de janeiro de 2011, ao seu terceiro mandato no Palácio dos Bandeirantes e, desta vez, com a maioria dos 94 deputados da Assembléia Legislativa.
Alckmin disputou as eleições 2010 com o petista Aluisio Mercadante, 56 anos, que mesmo com o apoio do presidente Lula durante a campanha, teve apenas 35,23% dos votos válidos.
O Governo de Geraldo Alckmin por 4 anos à frente do maior colégio eleitoral do Brasil, leva o PSDB a governar o Estado de São Paulo por 20 anos ininterruptamente, o partido está no comando há 4 mandatos ou 16 anos consecutivos.
Alckmin foi eleito pela primeira vez como vice-governador de Mário Covas em 1994, assumiu o governo em 2001 com a morte do então governador Mário Covas. Reelegeu-se como governador e ficou no cargo até 2006.
“São Paulo resolveu não esperar, mas avançar”, disse Alckmin em seu discurso da vitória. Durante evento na Expo Barra Funda, zona oeste da capital paulista, diante de cerca de 500 pessoas, Alckmin agradeceu a militância, aos seus apoiadores e dedicou agradecimentos especiais ao prefeito Gilberto Kassab do Democratas e ao governador Alberto Goldman pelo apoio e fez declarações a esposa Dona Lú Alckmin.
Alckmin tomará posse em 1º de janeiro de 2011 e governará até 2014.

Dilma Rousseff primeira presidenta eleita do Brasil


Por: Riselda Morais

Em seu primeiro discurso Dilma promete honrar a mulher brasileira e erradicar a miséria

            Foi eleita em 31 de outubro de 2010 a primeira presidenta da história do Brasil. O povo brasileiro escolheu a primeira mulher a presidir o País. Conhecida como uma mulher forte, decidida, que luta pelos seus ideais, Dilma que já foi chamada de mãe do PAC e criou o programa “Minha Casa, Minha Vida”, destacou-se com ações no Governo Lula ao mesmo tempo em que enfrentou um câncer.
Dilma foi escolhida para concorrer a presidência em 2008, quando em visita a Roma, o Presidente Lula mandou um recado ao PT: "Quero que o Brasil, depois mim, seja governado por uma mulher e já existe a pessoa adequada: Dilma Rousseff", declarou Lula à imprensa italiana, que foi a primeira a escutar da boca do chefe de Estado o nome de sua candidata, voltando ao Brasil encontrou muita resistência, mas insistiu e apostando nela, ele foi seu cabo eleitoral. Dilma soube agradecer o gesto e desde que aceitou a candidatura do PT prometeu ao País a "continuidade", que resumiu na frase "muito mais de Lula, mas com alma e coração de mulher".
       Durante a campanha, Dilma além de prometer continuar o Governo Lula prometeu governar para os pobres, foi eleita na primeira candidatura, mas no segundo turno com mais de 55,9% dos votos enquanto o adversário José Serra PSDB teve 44,0% dos votos válidos.
       Em seu primeiro pronunciamento como presidenta do País, Dilma declarou que recebeu do povo brasileiro a missão mais importante de sua vida. Registrou como seu primeiro compromisso honrar a mulher brasileira e pediu para que pais e mães olhassem nos olhos de suas filhas e dissessem: "Sim, a mulher pode".
      “Eu recebi de milhões de brasileiros e de brasileiras a missão, talvez a missão mais importante da minha vida. E esse fato, para além da minha pessoa, é uma demonstração do avanço democrático do nosso país, porque pela primeira vez uma mulher presidirá o Brasil. Já registro, portanto, o meu primeiro compromisso após a eleição: honrar as mulheres brasileiras para que esse fato até hoje inédito se transforme num evento natural e que ele possa se repetir e se ampliar nas empresas, nas instituições civis e nas entidades representativas de toda a nossa sociedade. A igualdade de oportunidades entre homens e mulheres é um princípio essencial da democracia”, declarou Dilma.
       A presidenta reafirmou suas promessas de campanha e ressaltou sua alegria por ser uma mulher que chega a Presidência da República pelo caminho sagrado do voto, da decisão democrática do eleitor, do exercício mais elevado da cidadania.
     “Por isso, registro aqui outro compromisso com meu país. Valorizar a democracia em toda sua dimensão, desde o direito de opinião e expressão até os direitos essenciais, básicos, da alimentação, do emprego, da renda, da moradia digna e da paz social. Eu vou zelar pela mais ampla e irrestrita liberdade de imprensa, vou zelar pela mais ampla liberdade religiosa e de culto, vou zelar pela observação criteriosa e permanente dos direitos humanos tão claramente consagrados na nossa própria Constituição”, enfatizou Dilma.
      Segundo ela ao viajar pelo País e visitar as regiões do Brasil, o que mais lhe deu esperança foi a capacidade de nosso povo em se apegar a menor oportunidade, de criar e empreender. Prometeu erradicar a miséria e resaltou que essa meta será realizada com um chamado a nação e a todas as pessoas de bem do País, pediu o apoio de todos.
     “Por isso, reforço aqui meu compromisso fundamental que eu mantive e reiterei ao longo dessa campanha: a erradicação da miséria e a criação de oportunidades para todos os brasileiros e para todas as brasileiras. Ressalto, entretanto, que esta ambiciosa meta não será realizada apenas pela vontade do governo. Ela é importante, mas essa meta é um chamado à nação, aos empresários, aos trabalhadores, às igrejas, às entidades civis, às universidades, à imprensa, aos governadores, prefeitos e a todas as pessoas de bem do nosso país”, declarou a Presidenta.
     “Não podemos descansar enquanto houver brasileiros com fome, enquanto houver famílias morando nas ruas, enquanto crianças pobres estiverem abandonadas à sua própria sorte, e enquanto reinar o crack e as cracolândias. A erradicação da miséria nos próximos anos é assim uma meta que assumo, mas para a qual peço humildemente o apoio de todos, que possam ajudar o país no trabalho de superar esse abismo que ainda nos separa de ser uma nação desenvolvida”, afirmou.
    Dilma reconheceu que terá um duro trabalho para qualificar o desenvolvimento econômico. Prometeu cuidar da economia com toda a responsabilidade, fazer esforços pela melhoria da qualidade dos gastos públicos e pela qualificação do serviço público, ampliar os limites do Super Simples, trabalhar pelo Fundo Social do Pré Sal que é um mecanismo de poupança de longo prazo para apoiar as futuras gerações.
     “Valorizarei o microempreendedor individual para formalizar milhões de negócios individuais ou familiares. Ampliarei os limites do super simples e construirei modernos mecanismos de aperfeiçoamento econômico, como fez nosso governo, o governo do presidente Lula na construção civil, no setor elétrico, na lei de recuperação de empresas, entre vários outros.
     Dilma dirigiu-se aos partidos de oposição e aos setores da sociedade que não estiveram com ela. “Estendo minha mão a eles. De minha parte, não haverá discriminação, privilégios ou compadrio. A partir da minha posse, serei presidenta de todos os brasileiros e brasileiras, respeitando as diferenças de opinião, de crença e de orientação política”, afirmou a presidenta.
     Dilma Vana Rousseff, nasceu em Belo Horizonte em 14 de dezembro de 1947, é economista, foi ministra-chefe da Casa Civil durante o Governo Lula, de quem declarou que nada e nem ninguém irá separá-la. Dilma nunca havia se candidatado a nenhum cargo público até candidatar-se a Presidência de República nestas eleições que a colocaram no posto de primeira mulher a se eleger presidente na história de nosso País.
     Dilma teve uma educação tradicional, nasceu em família de classe média alta e sempre lutou pelos seus ideais políticos desde sua juventude, principalmente durante o Golpe Militar em 1964, quando integrou organizações que defendiam a luta armada contra a Ditadura Militar, como Comando de Libertação Nacional (COLINA) e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR Palmares), por isto foi presa e torturada por três anos, primeiro na Oban e segundo no DOPS.
     Dilma refez sua vida no Rio Grande do Sul, ao lado de Carlos Araújo por mais de trinta anos e ao lado dele ajudou a fundar o PDT . Foi secretária Municipal da Fazenda de Porto Alegre e mais tarde foi Secretária estadual de Minas e Energia. Filiou-se ao PT em 2001, participou da equipe que formulou o plano de governo na área de energia nas eleições de Lula a presidência em 2002, se destacou e foi indicada para o Ministério de Minas e Energia. Reconhecida por seus métodos técnicos e gerenciais, foi nomeada Ministra-chefe da Casa Civil.
    Dilma receberá o cargo das mãos de seu mentor político dia 1º de Janeiro de 2011 e presidirá o país até 2014.

População Brasileira cresceu 9,5% em dez anos

          O 12º Censo Demográfico Brasileiro registrou o crescimento de 9,5% da população brasileira em dez anos.
Os números populacionais de cada um dos 5.565 municípios do País foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados também foram publicados no Diário Oficial da União.
Os 191 mil recenseadores que trabalharam no Censo 2010 visitaram 67 milhões de domicílios no período entre 1º de agosto e 31 de outubro. Outros resultados da coleta estarão acessíveis na página do órgão na Internet entre os dias 8 e 24 de novembro.
O Brasil tem hoje cerca de 185,7 milhões de habitantes, 15,9 milhões a mais do que em 2000. A região Sudeste continua com o maior número populacional do país com 77,6 milhões de pessoas. A região Centro-Oeste é a menos populosa com apenas 13,8 milhões.

Campanha arrecada garrafas PET para a decoração de Natal

A Subprefeitura Ermelino Matarazzo inicia neste mês a coleta de material para a confecção de seis árvores de Natal feitas com garrafas PET. As árvores serão montadas na praça Benedicto Ramos Rodrigues, na praça Frei Albino Aresi, Largo 1º de Maio, rua Acapunzal, praça Reverendo Matathias (praça Onze) e rua João José de Queiroz.
O objetivo da campanha de arrecadação é evitar que esses materiais sejam descartados em vias públicas e córregos, contribuindo para a ocorrência de alagamentos e enchentes, disseminar a importância da reciclagem e a conscientização do cuidado com o meio ambiente.
Na campanha do ano passado, quando foram arrecadadas 100 mil garrafas, a participação da comunidade foi fundamental para o sucesso do evento.
As doações das garrafas, já lavadas, deverão ser feitas em escolas, ONGs e na Defesa Civil de Ermelino Matarazzo.

Brasil tem maior produção de grãos dos últimos anos

O feijão, a soja, o trigo e produtos derivados do milho ficaram mais caros nos supermercados mas não é por falta da produção do grão. Segundo dados do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, a soja apresenta aumento na área, com variação de 23,76 milhões (+1,1%) a 24,20 milhões ha (+3,1%), sendo que, no período anterior, esse número chegou a 23,46 milhões ha. A colheita deve ficar entre 67,69 milhões (-1,4%) e 69 milhões t (+0,5%) sobre a safra passada (68,68 milhões t).

O incremento também é verificado na produção do feijão total, que terá variação entre 3,40 milhões (+5,3%) e 3,49 milhões t (+7%) contra as 3,26 milhões t da última safra. A produção de arroz deve aumentar de 12,16 milhões (+8%) a 12,31 milhões t (+9,3%). Já o milho total sofrerá redução de 51,83 milhões (-7,4%) a 52,71 milhões t (-5,8%) sobre as 56 milhões t do último ciclo, o mesmo ocorrendo com a área que diminui de 12,62 milhões (-2,7%) a 12,77 milhões ha (-1,5%).

Ministério Público Federal analisa ação contra Mayara Petruso e recebe denúncia de ONG contra 1.037 internautas por racismo e apologia ao crime

Por: Riselda Morais







Na quinta-feira, 06 de novembro, o Ministério Público Federal, em São Paulo, recebeu denúncia-crime encaminhada pela Ordem dos Advogados do Brasil, seção Pernambuco.

A OAB-PE pede a punição de Mayara Petruso por racismo e incitação pública à prática de homicídio.
Melissa Abreu e Silva é a procuradora responsável pelo caso. A equipe técnica do Ministério Público Federal fará um laudo sobre as manifestações de Mayara contra os Nordestinos.
O documento ficará pronto em no máximo dez dias e fará parte do inquérito.
Além da denúncia contra Mayara, o Ministério Público Federal recebeu também, a denúncia feita pela Ong Safernet - que recebe denúncias sobre violações de direitos humanos na Internet - com uma lista de 1.037 internautas acusados de praticar, entre 31 de outubro e 4 de novembro, racismo e apologia a crimes contra a vida.
A manifestação de ódio contra nordestinos foi desencadeada pela estudante de direito Mayara Petruso, 21 anos, na noite do dia 31/10, depois da vitória de Dilma Rousseff para a Presidência da República, nas eleições contra José Serra (PSDB). Ela mostrou-se revoltada com a derrota de seu candidato preferido e de uma forma preconceituosa e desinformada atribuiu a vitória de Dilma única e exclusivamente aos nordestinos e passou a postar mensagens preconceituosas e de ameaças contra os nordestinos no Twitter e no Facebook, só contra ela a Ong recebeu mais de 800 denúncias. No total a Ong recebeu 10 mil denúncias, muitas repetidas, filtrando chegaram a 1.037 perfis.
" Nordestisto não é gente. Faça um favor a SP: mate um nordestino afogado!", escreveu Mayara no Twitter. Já no Facebook: "Afunda Brasil. Dêem direito de voto pros nordestinos e afundem o país de quem trabalha pra sustentar os vagabundos que fazem filhos pra ganhar o bolsa 171”.
Logo a palavra xenofobia tornou-se uma das mais escritas no Twitter, muitos usuários do Twitter se manifestaram contra o preconceito e a incitação de violência de Mayara contra os nordestinos, mas houve também os que deram continuidade as ofensas e a apoiaram, xingando os nordestinos de estupradores, ladrões e assassinos. A hashtag #nodestisto - escrito incorretamente, como fez Mayara - tornou-se, até o meio dia da segunda-feira (1º), a terceira palavra mais comentada pelos usuários do Twitter segundo o Trendind Topics brasileiro.
O preconceito e a maldade nas frases impressionaram e provocaram uma reação imediata nos internautas nordestinos que passaram a responder as ofensas e a publicar os Tweets ofensivos e ameaçadores em outras páginas da internet, respondendo a altura e não aceitando a intolerância, os twitteiros ainda fizeram uma espécie de movimento contra Mayara e outros paulistas que responsabilizaram o Nordeste pelo resultado das eleições através de uma outra hashtag, o #orgulhodesernordestino, além de terem criado o perfil @nordestisto para ironizar as críticas feitas não só pela estudante como também por outros usuários das redes sociais.
Segundo especialistas as frases postadas por Mayara nas redes sociais Twitter e Facebook incorrem em pelo menos três crimes graves: racismo, discriminação e incentivo a violência.
O uso das ferramentas de comunicação podem elevar a punição para Mayara, segundo especialistas, quando alguém comete um crime de preconceito em ambiente privado essa pessoa está sujeita a uma pena determinada pelo Código Penal, mas quando o mesmo crime acontece em público, como aconteceu em duas redes sociais, o problema torna-se mais grave e a pena pode até dobrar, dependendo do entendimento do juíz.
Mayara Petruso, que se diz estudante de Direito e os seguidores que acham que os nordestinos são burros parecem não conhecer as leis de nosso país que coíbem a discriminação racial.
Const. Federal Lei Nº 7.716/89
Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Pena: reclusão de 2 a 5 anos.
Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.  Pena: reclusão de 1 a 3 anos e multa.

Código Penal
Injúria
Art. 140. Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
3º Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes à raça, etnia, religião ou origem:
Pena: reclusão de 1 a 3 anos e multa.
Antonio Petruso, empresário paulista de 53 anos declarou que não tem a mesma opinião da filha e que tem muitos amigos nordestinos. 'Se ela errou, vai ter que pagar', disse. Mayara é fruto de uma relação extraconjugal de Antonio Petruso e mora com a mãe. Ele reconheceu a paternidade, custeia seus estudos mas diz não ter um bom relacionamento com ela apesar de se dar muito bem com as outras filhas que também não aceitam Mayara como irmã. “A gente se fala sempre discutindo. Tenho bom relacionamento com todas as minhas filhas, menos com ela”, afirma.
Este processo pode servir de exemplo para muitos que praticam preconceito na web e até agora não sofriam nenhuma punição. Xenofobia, preconceito é crime passivo de pena e quem o comete deve responder por ele, para que as manifestações de preconceito e ódio não se propague é necessário algum tipo de punição judicial.

“Presidenta da República” consagre o uso da palavra e a estranheza desaparece

Por: Riselda Morais

Nas últimas semanas o maior questionamento dos brasileiros tem sido como irão se referir a Dilma Rousseff a partir do dia 1º de janeiro de 2011, quando ela assume a Presidência da República.
Quanto a melhor forma de tratá-la, há discordância entre professores, jornalistas, políticos e populares a respeito, mas independente de quem concorda e quem discorda com a forma de tratamento, a verdade é que as duas formas da palavra estão corretas, podemos dizer “a presidente” e podemos dizer “a presidenta” e posso também afirmar que “a realidade é que é nova, mas a palavra já tem algumas décadas de existência”.
Em 1991, o Dicionário Brasileiro o Globo já trazia a palavra: Presidenta - s.f. ( neologismo) Mulher que preside; esposa de um presidente. Assim como as últimas edições do Dicionário Aurélio: Presidenta - S.f. 1. Mulher que preside. 2. Mulher de um presidente; e no Dicionário Houaiss: Presidenta - Acepções ¦ substantivo feminino
1 - mulher que se elege para a presidência de um país. Ex.: a p. da Nicarágua
2 - mulher que exerce o cargo de presidente de uma instituição. Ex.: a p. da Academia de Letras
3 - mulher que preside (algo)
Ex.: a p. da sessão do congresso
4 - Estatística: pouco usado. esposa do presidente. Como se pode perceber, do ponto de vista da norma culta, dicionários já recomendam a palavra que existe há décadas, mesmo como neologismo, mas não era utilizada.
Quando nos deparamos com uma palavra no feminino e estamos acostumados a ela na forma comum aos dois gêneros, para não usarmos essa palavra, nos damos a desculpa que soa estranho aos nossos ouvidos, mas na verdade está em nossa cultura a estrutura machista, exemplo disso é que, quando uma mulher conquista um cargo que antes pertencia só aos homens, mesmo sem percebermos temos a necessidade de nos dar a impressão de que um homem continua lá e a predominância de “a presidente” reflete este machismo.
Só agora, depois de tantas lutas das mulheres na sociedade é que os dicionários começaram a registrar palavras no feminino em áreas antes exclusivas dos homens. Podemos até dizer que a gramática não permite, que trocar o sufixo fica feio e que não cabe uma terminação diferente, mesmo porque a terminação “ente” ocorre no particípio presente dos verbos portugueses, espanhóis e italianos, a palavra presidente é igualzinha nas três línguas e geralmente tem forma fixa, ou seja, é igual para o masculino e para o feminino; o que muda é o artigo “o” ou “a”, mas tanto a presidenta da Argentina Cristina Kirchner como a nossa presidenta Dilma Rousseff deixaram clara sua preferência de como querem ser tratadas: presidenta.
É mais fácil mudar as palavras do que os costumes das pessoas; a gramática aceita a mudança as pessoas é que não aceitam. Já percebeu como raramente alguém fala “parenta” ao invés de “parente”? E como jamais se fala hospeda, soldada, sargenta, coronela, capitã, generala mas sim, para as mulheres usa-se tenente, hospéde, soldado, sargento, capitão? Percebe quão estranho e inaceitável é a gramática no caso de “A soldadO”?
As palavras existem no feminino mas não são aceitas, logo não são usadas. Na luta feminina por seu espaço, muitos cargos antes ocupados só por homens já são ocupados por mulheres, mas a estrutura machista ainda impede a feminização das palavras, das patentes na divulgação de seus documentos oficiais, sem que ninguém pergunte a essas profissionais como se sentem ao serem tratadas como homens só porque ocupam um cargo com igual valor ao deles. Pode ser que os gramáticos concordem com esta forma, mas eu não. Temos em nossa língua portuguesa duas formas linguisticamente corretas e plenamente aceitáveis para várias palavras por isto falar “a presidenta” ou “a presidente” é uma questão de preferência ou de padronização, uns preferem a forma comum aos dois gêneros como “a chefe”, “a parente”, “a presidente” outros a forma feminina “a chefa”, “a parenta’, “a presidenta”. Tudo é uma questão de costume, estrutura cultural, chegará a hora em que todos falarão presidenta, chefa, parenta com a mesma naturalidade com que falam brasileira e sem carga pejorativa.

BNDES financiará TAV - Trem de Alta Velocidade em até R$ 20 bilhões

A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou as condições que serão oferecidas pelo Banco para o financiamento do Trem de Alta Velocidade (TAV), que fará a interligação entre Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas. A participação máxima de recursos públicos no financiamento será de até R$ 19,977 bilhões, atualizada pelo IPCA e limitada a 80% dos itens financiáveis pelo Banco ou 60,3% do investimento total, o que for menor.


O financiamento será concedido integralmente com o custo de TJLP (atualmente em 6% ao ano) acrescido de uma taxa de risco de crédito de 1% ao ano, para qualquer que seja o consórcio vencedor da licitação. O prazo de pagamento será de 30 anos, com seis meses de carência após a data prevista para o início da operação comercial. Os juros serão capitalizados durante o período de carência.

A entrega dos envelopes pelos consórcios ocorrerá no dia 29 de novembro de 2010. A sessão pública do leilão acontecerá em 16 de dezembro e a assinatura do contrato de concessão será no dia 11 de maio de 2011.

A construção do TAV é importante porque contribuirá para solucionar os gargalos no transporte de passageiros entre o Rio de Janeiro e São Paulo. Atualmente, a rodovia Presidente Dutra, que liga as duas cidades, opera em capacidade máxima. O mesmo ocorre com os aeroportos de Congonhas e Guarulhos.

Sem uma iniciativa como o TAV, a situação tende a se agravar nos próximos anos, tanto nos aeroportos quanto nas rodovias, como conseqüência do crescimento do país. Com o TAV, os problemas causados a partir do aumento previsto no número de veículos das estradas e de passageiros nos aeroportos de Rio e São Paulo poderão ser equacionados. O acesso rápido a Campinas permitirá que o aeroporto de Viracopos possa viabilizar-se como o terceiro grande aeroporto de São Paulo.

Para o consumidor o valor máximo da tarifa será de R$ 199 para o trecho entre Rio e São Paulo, considerando-se o teto de R$ 0,49 por quilômetro, e a viagem terá duração de 1 hora e 30 minutos.

Em relação ao sistema tarifário, este introduzirá uma forte competição na ligação entre Rio de Janeiro e São Paulo, atualmente concentrada nas empresas aéreas. Os preços cobrados pelas companhias de aviação têm atingido até R$ 1,72 por quilômetro, muito superior à tarifa teto de R$ 0,49 por quilômetro fixada no edital.

O trem competirá com o avião e, nas ligações regionais, seus preços serão limitados pela competição com os ônibus. Ao final, o maior beneficiado com a implantação do TAV será o usuário, que terá várias opções de preços, conforto e tempo de viagem a escolher.

O Trem de Alta Velocidade deverá transportar, inicialmente, 32 milhões de passageiros por ano e gerar receitas totais de mais de R$ 2 bilhões por ano. O prazo de implantação previsto é de seis anos.

Segundo os estudos referenciais realizados pelo governo, o custo médio mundial dos projetos de trem de alta velocidade era de US$ 32,7 milhões por quilômetro. O relevo acidentado da região demanda investimentos maiores do que os realizados em áreas de planície, justificando a estimativa mais elevada.

Durante as obras, serão gerados mais de 12 mil empregos diretos.

A situação econômico-geográfica do Rio de Janeiro e São Paulo é considerada um caso internacional clássico de necessidade dos trens de alta velocidade, comparável a uma das ligações ferroviárias de maior sucesso no mundo, a que interliga Tóquio a Osaka, no Japão. No caso de Rio e São Paulo, as regiões metropolitanas contam com 12 milhões e 19 milhões de habitantes respectivamente, representando mais de 40% do PIB brasileiro.

O projeto do TAV demandará o aumento da malha metroviária para atender às necessidades de demanda criadas pelo novo trem. No Rio de Janeiro, todos os planos de expansão da rede metroviária e revitalização da região portuária são convergentes com a implantação do TAV na estação Barão de Mauá.

Em São Paulo, a escolha de Campo de Marte trará maior possibilidade de desenvolvimento urbano, de modo a permitir uma futura ligação com a rede metroviária.

O TAV vai demandar disponibilidade de conexões urbanas nas principais cidades beneficiadas pelo projeto, permitindo a ampliação da rede de transporte nas localidades.

Procon pede fechamento temporário de 11 supermercados em São Paulo

O Procon pediu fechamento temporário de 12 horas para 11 supermercados em São Paulo. Nos locais foram encontrados produtos vencidos em mais de uma fiscalização. Os estabelecimentos têm 15 dias para entrar com recurso da decisão. As lojas que podem ser fechadas são 4 do Carrefour, 2 do Extra (do Grupo Pão de Açúcar, que pertence ao empresário Abilio Diniz), 2 do Compre Bem (também ligado ao Pão de Açúcar), 1 do Lopes Supermercados, e uma do Wal Mart. A decisão pelo fechamento é consequência da reincidência das lojas em vender produtos vencidos, de acordo com Paulo Arthur Góes, diretor de fiscalização do Procon. "É um conjunto de fatores que leva à decisão por uma pena mais dura. Esses estabelecimentos, e consequentemente suas redes, já receberam várias autuações do Procon. São reincidentes, já foram multados e não corrigiram sua conduta", diz. Segundo Góes, a medida é de caráter pedagógico. Caso as lojas voltem a vender produtos vencidos, o diretor de fiscalização da fundação diz que o Procon pode decidir por maiores períodos de fechamento dos estabelecimentos. As lojas de supermercados que podem ser fechadas são as seguinte: Carrefour - avenida Morvan Dias Figueiredo, 3177; Carrefour - avenida Interlagos, 2501; Carrefour - rua Marambaia, 200; Carrefour - rua Ribeiro Lacerda, 940; Carrefour - avenida Rio das Pedras, 555; Extra - avenida Guarapiranga, 752; Extra - avenida Inajar de Souza, 5550; Compre Bem - avenida Itaquera, 2829; Compre Bem - avenida Liberdade, 455; Lopes - estrada de Itapecerica, 4830; Wal Mart - avenida Jabaquara, 2979.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Preconceito e incitação pública de violência contra Nordestinos no Twitter

Por: Riselda Morais

Neste 1º de Novembro de 2010, fiquei impressionada com a maldade, o ódio que algumas pessoas preconceituosas manifestaram através da rede social Twitter contra os Nordestinos.
Alguns internautas esqueceram que o Brasil vive uma democracia e quiseram impor o candidato José Serra do PSDB de São Paulo como única opção aceitável para a Presidência da República, uma vez que a candidata do PT Dilma Rousseff foi eleita pela maioria do povo brasileiro, decidiram descontar suas frustrações e preconceitos em cima do povo Nordestino, que assim como todos os brasileiros, independente do Estado, naturalidade, cor, raça ou religião têm o direito e a liberdade de escolher seus representantes independente de partido, cor, raça ou religião, mas sim aquele ou aquela que julgar mais capaz de lhes representar.
Achei no mínimo curioso quando li estes twitters:





Não é o povo Nordestino BURRO por exercer a cidadania, seu direito de cidadão brasileiro de escolher seu representante,aquele candidato que julgou ser digno de lhe representar, se cada um fez ou não a melhor escolha só no decorrer do mandato da presidente se saberá, mas não há advinhos, senhor e senhora da verdade, sabe tudo que pode apontar o dedo e dizer quem presta e quem não presta.
O que é ser inteligente para você? Ter preconceitos? Ser má? Ignorar a democracia de um País?
A frase "Nordestino não é gente, faça um favor a SP, mate um nordestino afogado", escrita pela estudante de Direito (direito? ela sabe o que significa isso?)Mayara Petruso me deixou indignada e com pena dessa criatura ignorante, preconceituosa e má que estimula a violência, a intolerância em uma cidade cosmopolita como São Paulo, na qual o que a maioria dos moradores mais desejam é o fim da violência. Então é este o tipo de contribuição que as pessoas "inteligentes" têm a dar a cidade de São Paulo?
Sou uma Nordestina, radicada em São Paulo desde 1988, aqui formei família, abri uma empresa, trabalho como jornalista e editora apoiando e divulgando as reinvidicações da população, acompanhando e divulgando o trabalho realizado pela Prefeitura Municipal de São Paulo e pelo Governo do Estado de São Paulo independente de partido, o que me interessa é o crescimento, o desenvolvimento da cidade, é fazer uma ponte entre a população, quer seja a pessoa paulista ou não, do Norte, Sul, Centro-Oeste, Sudeste ou Nordeste do País e os governantes, deixando o povo mais perto de seus representantes já que eles governam para todos e, para mim não é a região que faz uma pessoa melhor que a outra e sim o caráter, a dignidade, a generosidade, a bondade, a capacidade de amar ao próximo. Por estes trabalhos já fui homenageada como "Cidadã que Contribui para o desenvolvimento e progresso da Cidade de São Paulo".


"Ama o teu próximo como a ti mesmo" (G1 5,14)



Mayara Petruso, que se diz estudante de Direito e os seguidores que acham que os nordestinos são burros parecem não conhecer as leis de nosso país que coibem a discriminação racial.

Const. Federal Lei Nº 7.716/89
Art. 1º
Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Pena: reclusão de 2 a 5 anos.

Art. 20
. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.
Pena: reclusão de 1 a 3 anos e multa.

Código Penal

Injúria

Art. 140.
Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes à raça, etnia, religião ou origem: Pena: reclusão de 1 a 3 anos e multa