Traduzir

Pesquisar

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Caminhão provoca acidente que envolve quatro carros e três motos

Uma mulher, garupa de uma moto foi arremessada do viaduto de uma altura de 30 metros

Riselda Morais



    Um caminhão baú provocou nesta quinta-feira (29), por volta das 12h, um acidente grave que envolveu quatro carros e três motos no Viaduto Engenheiro Alberto Brada, que liga a marginal Tietê a Avenida Aricanduva na Zona Leste da capital.
Segundo um dos motoristas envolvidos o caminhão baú estava em alta velocidade, o motorista do caminhão bateu em seu carro (prata), o empurrou até que ele invadiu a contramão do Viaduto e fugiu. Em seguida, outro carro atingiu um carro preto, que atingiu um terceiro veículo. Um motociclista tentou desviar dos carros e bateu na lateral do viaduto provocando a queda da garupa.  Monique Silva, de 29 anos, estava na garupa de uma das motos e foi arremessada do viaduto de uma altura de cerca de 30 metros, caindo na Rua Alfredo de Franco. Foi levada em estado grave, pelo helicóptero Águia para o pronto-socorro do Hospital Tatuapé, mas não resistiu e foi a óbito.
Outras três pessoas ficaram feridas mas o estado de saúde não foi divulgado. 
O motorista do caminhão ainda não foi localizado.


PMSP anuncia concessão para vinte e dois cemitérios e um crematório

Riselda Morais

   O início do programa de concessão de 22 cemitérios e um crematório para a iniciativa privada foi anunciado nesta sexta-feira (23). As empresas que tiverem autorização para administrarem os cemitérios poderão cobrar das famílias, taxas anuais por jazigo que poderão variar entre R$ 200,00 e R$ 600,00.
O edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) foi publicado no sábado (24) no Diário Oficial do Município. A partir da identificação de interessados, serão feitos estudos sobre os modelos de concessão, que irão privilegiar segurança e o aumento do número de jazigos por área, com a implantação de gavetas verticais de até três caixões por túmulos verticais.
A cidade de São Paulo registra cerca de 85 mil óbitos por ano (75 mil residentes e 9 mil de outras cidades). Destes, cerca de 45 mil sepultamentos e 10 mil cremações são realizados pelo serviço público municipal. Para atender essa demanda, o serviço municipal possui cerca de 350 mil jazigos e 118 salas de velório. Em 2015, a receita com os cemitérios públicos da cidade chegou a R$ 43 milhões e os custos a R$ 51 milhões.
Segundo o secretário municipal de Desestatização e Parcerias, Wilson Poit a gestão irá manter o serviço gratuito para pessoas que não tiverem condições de pagar. “Vamos garantir a gratuidade para quem não possa pagar. Quem hoje não paga e não pode pagar. Vamos garantir a gratuidade para a população carente”, afirmou Poit. 
A expectativa da Secretaria de Desestatização e Parcerias é que a concessão dos serviços cemiteriais gere investimentos e o pagamento de outorgas da ordem de R$ 1 bilhão.

Festas Juninas - Por Riselda Morais



Eis que junho começou,
a sanfona vai soar,
com forró e arrasta pé,
nós vamos comemorar.

Ao santo casamenteiro,
vamos reverenciar,
com treze noites de reza,
para a moça se casar.

Se está desesperada,
e pretende colocar,
o santo de ponta-cabeça,
para um marido arrumar.

Santo Antonio avisou,
que aprendeu a nadar,
por isso não adianta,
na água lhe mergulhar.

Para despertar São João,
os fogos vamos soltar,
dançar a noite inteira,
comer e bebemorar.

A festa é muito animada,
é uma dança popular,
e durante a quadrilha,
as damas vão coroar.

Troca a dama e o cavalheiro,
todos vão se cumprimentar,
pegar o caminho da roça,
e um grande circulo formar.

E viva o apóstolo Pedro,
para o santo vamos gritar,
acender uma fogueira,
e o pau de sebo escalar.

Tem forró e tem baião,
tem xote e tem xaxado,
quermesse e tem quentão,
batata e milho assado.

Espera moça bonita,
o correio elegante chegar,
já tens um pretendente,
que está a te paquerar.

Esta é uma tradição,
do nordestino arretado,
comemorar com paixão,
dançar forró arrochado!

Poesia registrada, permitida a reprodução desde que citado o nome da autora.

Fênix - Por Riselda Morais



Deixa em dúvida a existência
simbolizando a imortalidade
com força, poder e resistência
viver quinhentos anos de idade

A perguntar-me ainda estou
se és um mito ou és verdade
se em teu vôo transportou
o leve brilho da felicidade

Hoje olhei para o alto
a fênix passou voando
das cinzas vai ressurgir
sabe-se lá, onde e quando?

Se és mítica ave de fogo
ou espiritual renascimento,
como concebes outra vida
se da tua é ultimo momento?

Te consomes pelas chamas
por paixão ou por amor
o corpo que já não amas
raios de luz emanou

No tempo há circularidade
e em tudo há renovação
a vida é continuidade
desde a concepção

Ser cada vez melhor
isto é transformação
acompanhada ou só
sofrer é uma opção

A força interior
é que faz a diferença
na hora de enfrentar
novo ciclo de existência

Quem está apto a mudar
triunfa com consistência
mas quem se acomodar
vai sofrer por persistência

Queimar os preconceitos
rever todos os valores
fogo nos velhos conceitos
nos faz ser superiores

Ao ter o pensamento
voltado ao renascer
se tem o sentimento
de plenitude do ser

Ave de penas brilhantes
de forte e linda cor
de renascer semelhante
ao ciclo de vida do amor!

Poesia registrada, permitida a reprodução desde que citado o nome da autora.

Mãe e filho são presos por estelionato no bairro da Mooca

Riselda Morais

    Na tarde da sexta-feira (23), a Polícia Civil prendeu no bairro da Mooca, Zona Leste da capital paulista, mãe de 45 anos por estelionato e  o filho de 19 anos por receptação.
Após detectar a fraude que a dupla cometia em compras via internet e o endereço que receberia 14 produtos, os investigadores do 63º DP de Vila Jacuí realizaram a diligencia, indo até o local apreenderam sete celulares, cinco jogos eletrônicos, um notebook, um colar e um relógio de pulso e prenderam o criminoso que recebia os pacotes e assinava em nome de terceiros a pedido da mãe.
Segundo informações da polícia, os objetos apreendidos foram devolvidos à empresa responsável pela entrega e as investigações prosseguem. 

Presa quadrilha que vendia carnes vencidas em comércios da Zona Leste

Riselda Morais

    Na segunda-feira (20), os policiais civis da 1ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Infrações Contra o Consumidor prenderam  dentro de um frigorífico clandestino na Rua Doutor Virgílio Machado, no bairro do Cangaíba, três membros de uma quadrilha que reembalavam carnes vencidas, que deveria ser descartada e vendiam nos comercios de pequeno e médio porte da Zona Leste.
O gerente de um dos mercados da região que vendia a carne do frigorífico clandestino também foi detido.

Preso no Itaim Paulista dono de fábrica clandestina de balões

Riselda Morais

    Na quinta-feira (22) a Policia Civil prendeu um homem de 50 anos por crime contra o meio ambiente. 
Os agentes da Delegacia de Investigações sobre Produtos Controlados, do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), localizaram  a fábrica clandestina de balões nas dependências de uma oficina mecânica na Rua Antônio João de Medeiros, onde encontraram um caminhão que continha um enorme balão, diversas ferramentas e uma “cangalha” - apetrecho utilizado como o suporte, onde é colocado o fogo nos balões.

Preso na Zona Sul, homem que extorquia mulher com vídeo erótico

Riselda Morais

       Na tarde da quarta-feira (21) a Polícia Civil deteve no bairro de Cidade Dutra, Zona Sul da capital paulista, um homem de 34 anos que chantageava  e extorquia uma mulher com um vídeo erótico. A vítima denunciou aos investigadores do 92º DP Parque Santo Antonio que depois de ter enviado o vídeo erótico, o criminoso passou a exigir dinheiro e a ameaçá-la para que ela mantivesse relações sexuais com ele, prometendo excluir o vídeo. 

     
Divulgação SSP/SP
A vitima transferiu R$ 2.000,00 para o criminoso e marcou encontro com ele como se fosse para manter relações. No lugar marcado os policiais abordaram o veículo e prenderam o meliante em flagrante por extorsão.

Mulher dá a luz no terminal de ônibus Vila Carrão e abandona bebê no vaso sanitário

Riselda Morais



   Na noite desta segunda-feira (26), uma mulher deu a luz a um menino no banheiro do Terminal de ônibus de Vila Carrão, Zona Leste da capital paulista e abandonou o bebê no vaso sanitário.
Segundo testemunhas, ao ouvirem o choro do bebê, o retiraram de dentro do vaso e acionaram a Polícia Militar. 
Os funcionários da empresa Socicam, que presta serviço no terminal socorreram a criança que logo depois foi encaminhada para o Hospital Municipal do Tatuapé e passa bem.
Segundo a Polícia Militar a mãe da criança foi localizada dentro de um ônibus na Avenida Rio das Pedras, região de São Mateus. Ela é moradora de rua e foi encaminhada a um pronto-socorro da região.
Segundo informações a avó da criança não aceitou a gravidez da filha e não quer a responsabilidade de criar a criança. O menino será encaminhado para passar pelo processo de adoção.

Viciados em crack ocupam parque Linear Zilda Arns em Sapopemba

Riselda Morais



    Os moradores de Sapopemba, nas proximidades do Parque Linear Zilda Arns reclamam que cerca de 30 usuários de crack estão ocupando uma área localizada entre a Avenida Vila Ema e a Rua Tolstoi de Carvalho na Zona Leste da capital. 
Segundo a denúncia dos moradores, os usuários ficam ao lado dos muros que separam as casas e duas barracas foram construídas no local.
Os moradores reclamam que o lugar está abandonado, pouco conservado, sem manutenção e os assaltos aumentaram na região, principalmente contra mulheres e no período da noite.
Os moradores pedem atenção das autoridades e da atual gestão para resolver o problema na região.

Bandidos incendeiam ônibus com coquetel molotov no Itaim Paulista

Riselda Morais




      Na noite da segunda-feira (26), um ônibus municipal foi incendiado no bairro de Itaim Paulista, na Zona Leste da capital paulista.
Segundo relato de testemunhas,  por volta das 23h, dois indivíduos desceram de um carro escuro na Rua José Alves Coelho, região do Jardim Anélia, abordaram o coletivo e ordenaram a saída do motorista, cobrador e passageiros, logo depois atearam fogo lançando um coquetel molotov. Ninguém ficou ferido e até agora nenhum dos bandidos foram presos.

 O caso foi registrado no 50º Distrito Policial  de Itaim Paulista.

Maior parque de diversões da capital está em Itaquera, Zona Leste da capital, desde 1987

Riselda Morais



  O maior parque de diversão da capital paulista, Parque Marisa está fixo em Itaquera desde o ano de 1987. O parque foi fundado em 1973, contava com apenas dois brinquedos e passou 15 anos como intinerante, passando um mês em cada lugar.
O Marisa resistiu ao tempo, se fixou para enxugar despesas e depois que os grandes parques, entre eles o Playcenter fecharam, o Marisa se tornou o maior Parque de diversão da capital, possui 21 brinquedos, sendo 12 infantis entre eles o Carrossel e o carrinho de bate-bate e 09 adultos, entre eles a roda gigante, o disco, Turbo Drop e o Barco Viking, além de jogos de bilhar americano, argolas, pescaria e tiro ao alvo.