Traduzir

Pesquisar

terça-feira, 30 de maio de 2017

Amor Verdadeiro - Poetisa Riselda Morais

É sempre em ti que penso
é sempre a ti que imagino
Sinto um amor imenso
num coração pequenino

É um grande amor que nasce
Amor eterno nunca morre
tão certo que ele renasce
quanto o sangue na veia corre

É amor que vem da alma
no espírito o amor está
consigo ele traz a calma
sereno sempre estará

Está em todos os sentidos
na realidade e no sonhar
nos desejos incontidos
no viver e no lembrar

Sentido de todo jeito
do tamanho do universo
guardado dentro do peito
escrito em forma de verso

Tão lindo que só eu sei
tão forte que eu confesso
por muito tempo lutei
para esquecer com insucesso

Foi então que decidi
ouvir o que o amor diz
suavemente senti
o amor me fazer feliz

Deixei de usar o “Eu”
em “Nós” passei a pensar
E nos sentimentos “Meus”
Dos “Teus” estava a falar

Dois seres e dois amores
diferentes formas de amar
dois mundos de mesmas cores
vieram se unificar

Quando amores verdadeiros
conseguem se encontrar
ambos são muito guerreiros
ninguém pode separar

Tomando o mesmo sol
respirando o mesmo ar
vivendo como um só
e admirando o luar!

Poesias registradas, permitida reprodução desde que citado o nome da autora.













Postar um comentário