Traduzir

Pesquisar

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Vitória da Comunidade: foram iniciadas as obras de reforma da Quadra da Praça Sylvio Altapini

Por: Riselda Morais

Victor Jabur, Sr. Brito - assessor do Vereador Carlos Neder
e o jornalista Antonio Carlos B. Malta
durante reunião com moradores do Jardim Castelo

Quadra de esportes da Praça Sylvio Altapini antes do início da reforma 

Quadra de esportes da Praça Sylvio Altapini - Obras iniciadas



As obras de reforma da quadra de esportes da Praça Sylvio Altapini, no bairro Jd. Castelo, Zona Leste de São Paulo já foram iniciadas pela subprefeitura Penha. É uma vitória da comunidade que mora nos entornos da quadra que vinha reivindicando a reforma desde janeiro de 2011.
Entre as principais solicitações feitas pelos moradores estão:
- Iluminação, hoje não há nenhuma no local.
- Podagem das árvores e retirada de entulhos ao redor da quadra.
- Troca do material do piso por um apropriado, o atual é feito de asfalto e cheio de buracos, provoca constantes machucados nas crianças.
- Colocação de grades de proteção ao redor da quadra. Hoje é aberta e permite que as crianças corram para buscar a bola na rua, correndo risco de atropelamentos.
- Troca dos gols enferrujados por gols novos.
- Colocação da rede de proteção do gol.
Para que a comunidade fosse ouvida e suas reivindicações atendidas, Victor Jabur fez a solicitação a Prefeitura Municipal de São Paulo, contatou vários vereadores, criou o blogger http://blog.victorjabur.com/ para mostrar a situação de abandono em que a quadra se encontrava e o quanto as crianças que lá brincavam estavam se machucando através de vídeos, fotos e matérias no Jornal do Momento News e no Jornal Pólo Paulistano e também publicou as respostas dadas pelos vereadores que foram procurados para que a população fosse ouvida e atendida,
Em junho deste ano, o vereador Carlos Neder conseguiu a liberação de uma verba de R$ 80.000,00 para a reforma, o decreto foi publicado no D.O em 29/06/2012 e as obras já foram iniciadas esta semana. 
No dia 28/07/2012, Victor Jabur que liderou esta reinvicação se reuniu com os moradores dos entornos da praça com a presença do Sr. Brito, assessor do Vereador Carlos Neder para comunicar a liberação da verba e as mudanças que serão realizadas. Os moradores receberam a notícia com alegria por terem sido ouvidas e as crianças comemoraram a ideia de ter um ambiente "legal" para brincar!

Recém-formados e as dificuldades para ingressar no mercado de trabalho


Por: Riselda Morais


Quando um jovem ingressa na faculdade, independente de qual é o curso, tem em geral, a expectativa de sair preparado para assumir uma profissão e ter sucesso. No decorrer do curso, quando precisa iniciar  o estágio obrigatório começa a perceber as  dificuldades de ingressar no mercado de trabalho, muitas empresas, mesmo sabendo que o jovem estudante  procura uma colocação como estagiário   exige experiências e conhecimentos   dignos de um profissional  com anos de atuação no mercado. Assim, ficam com a vaga em aberto dizendo:  “ não encontro pessoal qualificado para a vaga“, ao invés de dar a oportunidade de formar um bom profissional. 
            Há um verdadeiro desequilíbrio entre as instituições de ensino superior e os empregadores, falta sintonia  entre  as variações e transformações do mercado e os cursos que continuam os mesmos, com o currículo antigo e defasado,  sem acompanhar as novas evoluções do mercado, as crises de capitalismo ou as questões da globalização, sem incentivar o empreendedorismo. Sim, porque ninguém nasce empreendedor, recebe essas informações, conhecimentos e ideias   a  partir do mundo que o circunda (amigos, família, professores, mídia), uma vez que durante o curso predomina a cópia, reprodução, instrucionismo, o aluno não aprende a pensar, ter iniciativa, produzir textos, ter autonomia, criar, inovar, transformar o velho em algo novo.
            Com isto, as novas profissões surgem e não se desenvolvem, os novos profissionais se formam mas não estão preparados, logo não são absorvidos no mercado, são barrados pela dificuldade de conseguir o primeiro emprego, independente da área de atuação ou do curso superior de formação, uma vez que o fator determinante para o novo profissional é a experiência e para o mercado são as regras e exigência já definidas por um mercado competitivo que exige cada vez mais atributos e habilidades para   superar os  desafios da nova realidade produzindo e gerando resultados eficazes.
            Para o aluno, é interessante ainda na faculdade fazer outros cursos, observar as exigências do mercado de trabalho, aprimorar os conhecimentos e quando conseguir ingressar na área desejada, manter-se atualizado.
            O recém-formado não pode se permitir desanimar diante dos primeiros obstáculos, baixar a estima, tornar-se pessimista, mas sim, procurar enxergar oportunidades através dos obstáculos, medir riscos, ousar, ter foco no que deseja, acreditar até conseguir.
            O mercado precisa de pessoas empreendedoras, ousadas,  que agem com inteligência para obter lucratividade.  Para quem tem todas estas características mas nenhum  entrevistador conseguiu enxergar, não vale a pena desanimar, basta ter iniciativa para apostar em novos projetos, realizar ações, desenvolver ou dinamizar novos produtos ou serviços e ao invés de ganhar dinheiro para os outros, passar a ganhar para si mesmo  e não ter medo de começar em um negócio pequeno, o vendedor de pastel de hoje pode ser o dono de uma  rede de pastelaria amanhã. 
            Não existe pequeno e nem grande empreendedor, existe sim, pequenos ou grandes empreendimentos e os pequenos de hoje podem vir a ser os grandes de amanhã, desde que tenha visão, boas ideias para o negócio e ação para implementá-las, saber o que fazer, onde melhorar, admitir erros, aprender com eles e corrigir, acreditar em si mesmo e nunca desistir. Atitudes e comportamentos de “donos do negócio”, são características exigidas do funcionário para que a empresa tenha sucesso, logo procura-se no mercado o auto empregado, o empreendedor de  suas próprias capacidades.
            Independente de entrar no mercado de trabalho, ser funcionário ou tornar-se patrão de si mesmo, é importante que o recém-formado  perceba que cada tentativa frustrada é um aprendizado, que não fique parado se lamentando, mas que aja para modificar a realidade com autoconfiança.

domingo, 28 de outubro de 2012

Fernando Haddad (PT) é o novo prefeito de São Paulo


Por: Riselda Morais

Haddad vota ao lado da filha Carolina e mostram o número 13, sigla do PT


       O petista Fernando Haddad venceu a disputa pela Prefeitura Municipal de São Paulo. 
Durante a campanha, Fernando Haddad  (PT PP / PT / PSB / PC do B) ) começou a aparecer nas pesquisas com 3% das intenções de voto, foi crescendo nas pesquisas conforme apresentava suas propostas para o governo municipal de forma mais detalhada e surpreendeu ao tirar Celso Russomano da disputa  para o segundo turno , saindo da terceira para a segunda posição, ganhando o direito de continuar na disputa pela PMSP ao receber 1 .776.317 votos, 28,98% dos votos válidos  contra José Serra (PSDB PR / DEM / PV / PSDB / PSD) que teve 1.884.849 votos, o correspondente a 30,75% no primeiro turno.
Indicado pelo o ex-presidente Lula, Fernando Haddad recebeu o apoio da presidente Dilma Rousseff  e de partidos aliados, na campanha para o segundo turno, ocupou  a primeira posição na preferência dos eleitores paulistas e elegeu-se prefeito de São Paulo com 3.387.720 votos,  55,57  % dos votos válidos contra 2.708.768 votos 44,43 % de José Serra (PSDB).
No discurso da vitória Fernando Haddad  declarou que foi eleito pelo sentimento de mudança que domina os eleitores de São Paulo e esclareceu: 
“Ser eleito pela força da mudança significa não ter tempo a perder. Não ter medo de enfrentar, nem ter justificativas a dar para tornar esse sonho realidade. Significa não ter paciência e não pedir paciência. Antes de tudo, traçar prioridades e unir a cidade em torno de um projeto coletivo, de todos os paulistanos, de todos os moradores de São Paulo”. Haddad também observou que São Paulo é uma das cidades mais ricas e ao mesmo tempo uma das mais desiguais do planeta e reafirmou seu objetivo: “diminuir a grande desigualdade existente em nossa cidade, é derrubar o muro da vergonha que separa a cidade rica e a cidade pobre”. 
Fernando Haddad lembrou o papel da prefeitura de melhorar e aumentar a oferta e a qualidade de alguns dos serviços públicos mais essenciais como a saúde, o transporte, a educação, a habitação  e afirmou: “Melhorar esses serviços é também uma forma concreta de distribuir renda, diminuir os desequilíbrios, aumentar e garantir a paz social “ ao encerrar o discurso enfatizou: “As cidades foram inventadas para unir, não para desunir. Proteger e não fragilizar. Acarinhar e não violentar. Para dar conforto e não sofrimento. São Paulo tem seus grandes problemas, mas tem e terá as próprias soluções. O Brasil moderno nasceu aqui e o surpreendente Brasil do novo milênio também estará aqui. São Paulo é de todos os nascidos aqui, todos os que vieram pra cá. São Paulo é de todo o Brasil. Muito obrigado”, finalizou o prefeito Fernando Haddad.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Sete fabricantes de televisores de plasma foram multadas por propaganda enganosa


Por: Riselda Morais

LG recebeu R$ 1,850 milhão,  a maior multa


Na segunda-feira (22/10), o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça aplicou  uma multa de R$ 5 milhões às  empresas: Gradiente Eletrônica S.A; LG Eletronics da Amazônia Ltda; Panasonic do Brasil Ltda; Philips da Amazônia Indústria Eletrônica Ltda; Samsung Eletrônica da Amazônia Ltda; Semp Toshiba S.A ;  Sony do Brasil Ltda devido ao fato das fabricantes não prestarem informações, de forma clara ao consumidor, sobre a qualidade de imagem anunciada na oferta e para incentivar a venda do produto, alguns televisores eram testados em aparelhos DVD a fim de transmitir a imagem com qualidade digital, também não informavam que os televisores podem apresentar o efeito burn in - manchas na tela - caso fossem utilizados de forma ininterruptamente.

A multa foi aplicada de acordo com os critérios do Código de Defesa do Consumidor e com a quantidade de televisores comercializados por cada  uma das fabricantes: Gradiente Eletrônica S.A -  R$ 240 mil ;  LG Eletronics da Amazônia Ltda - R$ 1,850 milhão; Panasonic do Brasil Ltda - R$ 790 mil; Philips da Amazônia Indústria Eletrônica Ltda - R$ 290 mil; Samsung Eletrônica da Amazônia Ltda - R$ 910 mil; Semp Toshiba S.A  - R$ 25 mil; Sony do Brasil Ltda - R$ 900 mil) . O valor deve  ser depositado em favor do Fundo de Defesa  de Direitos Difusos do Ministério da Justiça que aplicará o dinheiro em projetos voltados à proteção do meio ambiente, patrimônio público e defesa dos consumidores.


domingo, 21 de outubro de 2012

Em um ano, Lei da Cadeirinha reduziu em 23% mortes de crianças em acidentes


Por: Riselda Morais

Lei da Cadeirinha obriga o uso de dispositivos de retenção
 para o transporte de crianças em veículos

Segundo dados de pesquisa elaborada pelo Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, no período de um ano após ter entrado em vigor a Lei da Cadeirinha, as mortes de crianças de até 10 anos de idade em acidentes automobilísticos reduziu em 23%.
Os dados mostram que de setembro de 2009 a agosto de 2010, o Sistema de Informação de Mortalidade do Ministério da Saúde registrou a morte de 296 crianças nessa faixa etária. No período de setembro de 2010 - quando a lei passou a valer - e agosto de 2011, o número caiu para 227. Se comparado com a média dos cinco anos anteriores à Lei, a queda foi de 15%. Em seis anos, é a primeira vez que há registro de queda. Nos cinco anos antes da entrada em vigor da lei, houve um crescimento gradual de mortes de crianças durante o transporte: de 238 óbitos - de 1º de setembro de 2005 até 31 de agosto de 2006 - para 296 óbitos de 1º de setembro de 2009 até 31 de agosto de 2010.
A Lei da Cadeirinha obriga o uso de dispositivos de retenção para o transporte de crianças em veículos. Crianças até 12 meses devem ser transportados no bebê-conforto. De um a quatro anos, devem viajar em cadeirinhas. Crianças entre quatro e sete anos e meio, é recomendável que utilizem o assento elevatório. O cinto de segurança do veículo deverá ser usado por aquelas com idade superior a sete anos e meio e igual ou inferior a 10 anos. O descumprimento da norma prevê multa gravíssima de R$ 191,54, além da perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e retenção do veículo até que o assento seja colocado.


quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Cordeirenses comemoram vitória do prefeito Fernando Queiroz em clima de libertação


Por: Riselda Morais

Fernando Queiroz é reeleito com 75% dos votos válidos

População comemora e manda candidata derrotada arrumar as malas


A população da cidade de  São José dos Cordeiros, no Estado da Paraíba, comemorou  nos dias 07 (domingo), 08/10 (Segunda-feira) e 09/10 (terça-feira),  a vitória de Fernando Queiroz com passeatas e três noites de festas, na praça,  que contou com  a presença de grupos musicais como os Três do Nordeste,  Luan  e Forró Estilizado, entre outros, além de muito churrasco e bebidas distribuídos gratuitamente para todos os munícipes.
Fernando Queiroz, da Coligação para frente Cordeiros (PSB/PSD/PR/PSC/PMDB/PT) atual gestor, foi reeleito como prefeito com 75% dos votos válidos, uma diferença de 40% a frente  da candidata Paulinha Medeiros da coligação (PSDB/DEM/PTdoB)  que teve apenas 34, 25%  dos votos.
A grande lavada da vitória de Fernando deve-se ao fato da cidade ter sido  governada por mais de 25 anos pela família Medeiros e ter estacionado no tempo, sem prosperar ou evoluir, desta vez os eleitores deram a resposta nas urnas e depositaram no atual gestor a esperança de ter uma cidade em desenvolvimento.
Durante o discurso da vitória Fernando   Queiroz  afirmou que  será o prefeito do povo, de todos os munícipes, independente do partido que tenham votado, lembrou que fez uma campanha limpa e enfatizou que manterá a transparência em sua gestão.
Em sua página no Facebook, Paulinha Medeiros postou que “A vontade do povo é livre, soberana e deve ser respeitada. Aceito com tristeza e um pouco de decepção a derrota nas URNAS.“, e agradeceu o apoio recebido.
A eleição terminou de forma tranquila e as comemorações ocorreram de forma  pacífica.

domingo, 7 de outubro de 2012

São Paulo tem segundo turno com José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT)


Por: Riselda Morais

José Serra (PSDB) foi 1º colocado no  1º turno

Fernando Haddad (PT) foi 2º colocado no 1º turno


Os candidatos José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) vão disputar o segundo turno para  ser prefeito de São Paulo, maior cidade brasileira.
A disputa foi acirrada durante toda a apuração, com uma variação de dois a três pontos percentuais entre os candidatos de dois dos partidos mais tradicionais na cidade. 
A surpresa do primeiro turno foi o candidato Celso Russomano que liderou as pesquisas durante toda a campanha e caiu na última semana, ficando em terceira posição e fora do segundo turno. Já José Serra (PSDB PR / DEM / PV / PSDB / PSD) teve 1.884.849 votos, o correspondente a 30,75% e Fernando Haddad  (PT PP / PT / PSB / PC do B) subiu do terceiro para a segunda posição com 1 .776.317 votos, 28,98% dos votos válidos.
Eleições decididas entre candidatos do PSDB e PT na capital paulista já é tradição, tanto na esfera Municipal quanto na Estadual, uma vez que são partidos fortes, com muitas ações entre os governantes das três esferas, federal, estadual e municipal. 
Entre os 1665 candidatos a vereador foram eleitos:
TRIPOLI 43666 PV 132.313 2,32%
ANDREA MATARAZZO 45450 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 117.617 2,06%
GOULART 55800 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 104.301 1,83%
MILTON LEITE 25250 DEM PR / DEM / PSDB / PSD 101.664 1,78%
CORONEL TELHADA 45190 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 89.053 1,56%
ANTONIO CARLOS RODRIGUES 22678 PR PR / DEM / PSDB / PSD 67.161 1,18%
OTA 40096 PSB PP / PT / PSB 62.693 1,10%
MARIO COVAS NETO 45000 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 60.697 1,06%
ELISEU GABRIEL 40123 PSB PP / PT / PSB 53.634 0,94%
CELSO JATENE 14000 PTB PRB / PTB 52.099 0,91%
NETINHO DE PAULA 65000 PC DO B 50.698 0,89%
TONINHO PAIVA 22611 PR PR / DEM / PSDB / PSD 48.613 0,85%
DONATO 13700 PT PP / PT / PSB 47.039 0,82%
JULIANA CARDOSO 13222 PT PP / PT / PSB 46.757 0,82%
SENIVAL MOURA 13800 PT PP / PT / PSB 46.524 0,81%
PASTOR EDEMILSON CHAVES 11333 PP PP / PT / PSB 45.858 0,80%
SANDRA TADEU 25000 DEM PR / DEM / PSDB / PSD 45.770 0,80%
NABIL BONDUKI 13633 PT PP / PT / PSB 42.411 0,74%
RICARDO YOUNG 23000 PPS PPS / PMN 42.098 0,74%
MARCO AURELIO CUNHA 55005 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 40.130 0,70%
ADILSON AMADEU 14200 PTB PRB / PTB 40.100 0,70%
SOUZA SANTOS 55255 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 39.658 0,69%
DALTON SILVANO 43888 PV 39.304 0,69%
FLORIANO PESARO 45444 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 37.780 0,66%
CLAUDINHO 45157 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 37.441 0,66%
ALFREDINHO 13110 PT PP / PT / PSB 36.634 0,64%
NOEMI NONATO 40401 PSB PP / PT / PSB 35.601 0,62%
JEAN MADEIRA 10318 PRB PRB / PTB 35.036 0,61%
PATRICIA BEZERRA 45321 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 34.511 0,60%
EDIR SALES 55123 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 34.476 0,60%
JOSÉ AMÉRICO 13100 PT PP / PT / PSB 34.291 0,60%
MARTA COSTA 55400 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 32.914 0,58%
AURELIO MIGUEL 22888 PR PR / DEM / PSDB / PSD 32.520 0,57%
ATILIO FRANCISCO 10123 PRB PRB / PTB 32.513 0,57%
ARSELINO TATTO 13696 PT PP / PT / PSB 32.135 0,56%
DAVID SOARES 55321 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 32.081 0,56%
GILSON BARRETO 45678 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 31.995 0,56%
CONTE LOPES 14138 PTB PRB / PTB 31.947 0,56%
JAIR TATTO 13114 PT PP / PT / PSB 31.685 0,55%
PAULO FRANGE 14444 PTB PRB / PTB 30.891 0,54%
RICARDO NUNES 15115 PMDB PMDB / PSL / PSC / PTC 30.747 0,54%
RICARDO TEIXEIRA 43678 PV 30.698 0,54%
VAVA DOS TRANSPORTES 13015 PT PP / PT / PSB 29.242 0,51%
AURÉLIO NOMURA 45451 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 29.236 0,51%
EDUARDO TUMA 45555 PSDB PR / DEM / PSDB / PSD 28.756 0,50%
REIS 13651 PT PP / PT / PSB 28.627 0,50%
POLICE NETO - VEREADOR NETINHO 55000 PSD PR / DEM / PSDB / PSD 28.278 0,50%
PAULO FIORILO 13690 PT PP / PT / PSB 27.805 0,49%
GILBERTO NATALINI 43456 PV 26.806 0,47%
GEORGE HATO 15622 PMDB PMDB / PSL / PSC / PTC 24.611 0,43%
DR. CALVO 15633 PMDB PMDB / PSL / PSC / PTC 24.282 0,43%
NELO RODOLFO 15000 PMDB PMDB / PSL / PSC / PTC 18.219 0,32%
LAÉRCIO BENKO 31031 PHS PHS / PRP 17.918 0,31%
TONINHO VESPOLI 50650 PSOL PCB / PSOL 8.722 0,15%