Traduzir

Pesquisar

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Se aproxima de 170 mil o número de mortos em Porto Príncipe

O presidente do Haiti, Rene Préval, declarou que até agora quase 170 mil corpos foram recolhidos na capital do País, devastado por um terremoto de 7 graus na escala Richter em 12 de janeiro. Segundo estimativas oficiais além dos mais de 170 mil mortos, o terremoto deixou também, cerca de 200 mil feridos e mais de 3 milhões de desabrigados.
Graças a força e resistência do povo Haitiano, 15 dias depois do terremoto, ainda estão sendo resgatadas vítimas vivas dos escombros.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Para sofrer menos com as enchentes, população de São Paulo precisa se reeducar e parar de jogar lixo nas ruas


A cidade de São Paulo sofre ano após ano, chuva após chuva com os alagamentos e enchentes. Um temporal de poucos minutos é suficiente para deixar vários pontos de alagamentos na cidade, bairros em baixo d'água, as marginais Tietê e Pinheiros, além da Radial Leste, Av. Aricanduva, Av. Luiz Inácio de Anhaia Melo e tantas outras vias alagadas e paradas. Os danos causados pelas enchentes são muitos e são vários os fatores que as causam, mas tem um desses fatores que está diretamente ligado a educação dos moradores da cidade.
Os lixos jogados nas ruas, seja uma ponta de cigarro, um papel de bala, entulhos ou até mesmo sofás como é tão comum jogarem em terrenos baldios e margens de córregos se acumulam nas bocas de lobo, nos bueiros, nas galerias, poluem os córregos e os rios, obstruindo-os e impedindo a passagem da água, agravando os problemas causados pelas enchentes na cidade. Os entulhos podem ser jogados nos eco pontos, é só procurar o mais próximo. Nós, moradores desta cidade, precisamos ter consciência de que um pequeno gesto, como jogar lixo pela janela do carro é um ato que prejudica a dezenas, centenas, milhares de pessoas e não dói colocar o lixo em seu devido lugar: "LUGAR DE LIXO É NO LIXO E NÃO NO MEIO DA RUA".
Em uma operação de limpeza, no fim de semana, dias 23 e 24/01 foram retiradas 1,02 mil toneladas de lixo e entulho de bueiros, bocas de lobo e 5,5 mil toneladas de detritos foram retiradas de 5 km córregos e margens, em 100 km de ruas foram varridas 73,3 toneladas de lixo e 681 toneladas de lixo e entulhos foram retirados de pontos viciados da cidade de São Paulo.
Assim como o poder públicos tem o dever de conservar a cidade, nós moradores temos obrigação de agir com cidadania e fazer a nossa parte.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Atendimento à Mulher vítima de violência

Mais protegidas pela Lei, as mulheres vitimas de violência doméstica estão denunciando mais.
A Central de Atendimento à Mulher, Ligue 180 - da Secretaria Especial de Política para as Mulheres (SPM), registrou 401.729 atendimentos de Janeiro a Dezembro de 2009, um aumento de 49% em relação ao ano de 2008 (269.977). Segundo a Secretaria, parte significativa desse total deve-se a busca por informações sobre a Lei Maria da Penha, que registrou em 2009 171.714 atendimentos e 117.546 em 2008.
Dos 40.857 relatos de violência, a maioria dos agressores são os próprios companheiros. Do total desses relatos 22.001 foram de violência física; 13.547 de violência psicológica; 3.595 de violência moral; 817 de violência patrimonial; 576 de violência sexual; 120 de cárcere privado; 34 de tráfego de mulheres; 8 de negligência e 154 outros.
Ainda segundo a Secretaria, na maioria das denúncias / relatos de violência registrados no Ligue 180, setenta por cento (70%) das usuárias do serviço relatam sofrer agressões diariamente.
Mulher, não sofra sozinha... não fique calada. Coragem... Denuncie: Ligue 180.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Chuvas matam 8 pessoas em São Paulo e deixa a cidade parada


O forte temporal que atingiu a cidade de São Paulo na madrugada desta quinta-feira (21/01) deixou mais uma vez, moradores assustados, desabrigados e oito mortos vitimas de desmoronamentos. Nas primeiras sete horas de hoje choveu 24% do previsto para todo o mês de Janeiro. A cidade recebeu 56,3 mm de chuvas, ultrapassando este limite em algumas regiões. Os maiores índices aconteceram na Vila Mariana com 112 mm, Consolação 101,3 mm seguidos de Lapa (98mm), Ipiranga (89,9) e Pinheiros(79,7 mm).
Devido a intensa chuva da madrugada, a 1h05 o Centro de Gerenciamento de Emergência colocou quase toda a cidade em estado de atenção. Entraram em estado de alerta o Butantã, Campo Limpo, Ipiranga, Aricanduva e Marginal Tietê. Toda a Cidade só saiu do estado de atenção às 10h50m.
Oito pessoas morreram vitimas de deslizamentos de terra, três na Vila Anglo-Brasileira, quatro no ABC Paulista e uma na Lapa.
Com a forte chuva as marginais ficaram bloqueadas e totalmente paradas no inicio da manhã, o Rio Tietê e mais cinco córregos transbordaram.
Ficaram muitos pontos de alagamentos por toda a cidade, segundo a CET 12 deles transitáveis pela manhã, o Play Center mais uma vez ficou completamente alagado, as operações na Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Geral de São Paulo) foram interrompidas às 3 hs da madrugada devido a inundação que atingiu 90% das ruas, causada pelo transbordamento do Rio Pinheiros, causando prejuizos com os produtos, mais concentradas no setor de melancias as perdas foram de 80% ou 560 toneladas do produto e a maior perda que é o fechamento por um dia, impedindo a comercialização de cerca de 10 mil toneladas de produtos no valor de R$ 15 milhões. Só será reaberto quando as águas baixarem e for feita a limpeza e higienização do local.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Cerimônia Póstuma aos Militares do Exército será realizada nesta quinta-feira (21)

O Centro de Comunicação Social do Exército informou na manhã desta quarta-feira (20/01) que o traslado dos corpos, para o Brasil, de 17 (dezessete) militares do Exército Brasileiro, integrantes da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH) e que faleceram no cumprimento da missão, em razão do terremoto ocorrido naquele País, está sendo realizado em uma aeronave C-130 (Hércules), da Força Aérea Brasileira.
Tendo em vista a complementação dos trabalhos de medicina legal, no tocante à conservação dos corpos, em razão das sérias dificuldades de estrutura no Haiti após a tragédia, a referida aeronave fez um pouso técnico na cidade de Manaus - AM.
A cerimônia de homenagens póstumas será realizada na Base Aérea de Brasília, no final da tarde do dia 21 de Janeiro, quinta-feira.

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Governo inaugura primeira usina flex do mundo

Amanhã, as 16 h, em Juiz de Fora/MG, o presidente Lula e a Ministra-chefe da Casa Civil Dilma Rousself inauguram a Usina Termelétrica Juiz de Fora (UTE) a primeira do mundo a gerar energia elétrica a partir do etanol.
Com essa ação inédita, o Brasil, segundo produtor mundial do combustível, amplia o uso do etanol brasileiro, tanto no país quanto no exterior, para países importadores de combustíveis líquidos e gasosos como é o caso do Japão.
Com capacidade total instalada de 87 MW, a usina está conectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) e tem contratos de fornecimento até 2020.
Para realizar esta operação pioneira, a Petrobras adaptou uma das turbinas que opera com gás natural, para utilizar também o etanol como combustível, o que a torna flex fuel (bicombustível). Durante os próximos cinco meses, a usina estará operando em fase de testes. Neste período estarão sendo avaliados o desempenho da turbina, a vida útil dos equipamentos e os níveis de emissões atmosféricas.
Além da criação de um novo segmento mercadológico internacional , as vantagens do uso de etanol para a geração de energia elétrica são inúmeras, como o aumento da segurança energética brasileira, a redução do nível de emissões atmosféricas e a Certificação pelo Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) que permite a negociação de créditos de carbono no mercado mundial.

sábado, 16 de janeiro de 2010

Terremoto devastou Haiti e deixou 100 mil mortos




* Militares retornam da Missão de Paz no Haiti.
* Homens tentam resgatar vitimas embaixo de escombros.
* Haitianos caminham sem rumo, sem destino após terremoto.









O Haiti foi destruído pelo mais forte terremoto a atingir o País no últimos 200 anos, segundo especialistas a força do tremor deve-se a dois séculos sem atividades sísmicas e a região ainda pode ter tremores piores.
Com magnitude de 7° na escala Richter, o terremoto que atingiu o Haiti na terça-feira, (12/01) às 16h:53m no horário local, 19h:53m no horário de Brasília, teve o epicentro a 15 km da capital Porto Príncipe. Cerca de 75% dos prédios caíram e deixaram muitos moradores sobre os escombros, entre as edificações atingidas estão o prédio das Nações Unidas e o do Governo do Haiti.
O Haiti é o país mais pobre do continente americano, não tem exército, Forças Armadas, Marinha, Aeronáutica, Policiais e nem Bombeiros, isto dificulta muito o resgate das pessoas de debaixo dos escombros. Estima-se que o terremoto deixou mais de 200 mil mortos, até este momento apenas 50 mil corpos foram enterrados.
O Brasil também sofreu perdas com o terremoto que destruiu o Haiti e deixou seu povo vagando pelas ruas sem destino, sem casa, sem comida, sem família e sem rumo. Morreram durante o terremoto no Haiti a fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, Zilda Arns e militares brasileiros da missão de paz da ONU.
O ministro da Defesa, Nelson Jobim e comandantes do exército brasileiro chegaram a base brasileira no país, para liderar os trabalhos do contingente brasileiro no Haiti na noite de quarta-feira.
O Brasil está ajudando o Haiti, além de militares, do exército e médicos, está enviando também 8 aeronaves de transporte para ajudar as vitimas, US$ 15 milhões, 28 toneladas de alimento (entre outros produtos leite em pó, sardinhas) medicamentos e água para o povo Haitiano.
A missão de paz da ONU no Haiti conta com 7 mil integrantes, a missão é liderada pelo Brasil.
Segundo o Ministro da Defesa, servem na força 1.266 militares, no total são 1.310 brasileiros no Haiti.
Mais de 300 funcionários, das diversas agências da ONU que atuam no Haiti estão desaparecidos.
O Ministério da Defesa, Comando do Exército Brasileiro, informou através de nota à imprensa a respeito do estado de saúde dos feridos repatriados do Haiti.
O Hospital Geral de São Paulo recebeu no dia 15/01/2010 os militares que retornaram da Missão de Paz no Haiti após terremoto. Segundo o Comando todos os 16 militares foram internados, alguns apresentam traumas, fraturas, escoriações. Todos encontram-se estáveis, nenhum deles necessita de cuidado da Unidade de Terapia Intensiva, mantendo o período de observação clínica e tratamento individualizado, assistidos por médicos e psicólogos e realizando exames complementares. Após realização dos exames não foi confirmado nenhum caso de malária. Todos demonstram equilíbrio emocional, mas estão ansiosos pelo encontro com os familiares.
Deixo aqui, de todo meu coração, o desejo de ver o Haiti reconstruído, os lares refeitos, vidas retomadas e menos sofridas.